Globo, perdão foi feito para a vítima pedir?

Já virou piada o “perdão” proposto pelo colunista de “O Globo”, Ascânio Seleme, ao Partido dos Trabalhadores. Só poderia virar piada, mesmo, e de mau gosto. A rede de Globo de intrigas, que armou poucas e boas para o PT, agora vem, via um colunista, falar em perdoar?

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Já virou piada o “perdão” proposto pelo colunista de “O Globo”, Ascânio Seleme, ao Partido dos Trabalhadores. Só poderia virar piada, mesmo, e de mau gosto. A rede de  Globo de intrigas, que armou poucas e boas para o PT, agora vem, via um colunista, falar em perdoar?

Lembrei de tantas coisas com este “perdão”…

Recordei das centenas, ou milhares?, de reportagens armadas desde a fundação do partido, nos governos Lula e Dilma, nas  armações do Mensalão, do Triplex, do sítio de Atibaia…

Minha memória foi até 89, quando a Globo armou contra o PT uma edição safada do já célebre e lastimável debate entre os candidatos Lula e Collor.

E estão falando em perdoar? Perdoar o quê?

O cinismo é tamanho que qualquer dia destes veremos Moro perdoando Lula.

Os assassinos de Marielle perdoarão a família da vereadora.

É como se o capitão do mato e seu senhor perdoassem o escravo.

Como aqueles que crucificaram Jesus o perdoassem.

Como se os governantes da época da Inconfidência Mineira perdoassem Tiradentes.

Como se Suzane Richthofen perdoasse seus pais e os Nardoni perdoassem a menina Isabella.

Para pegar mais leve, fiquemos com Chico Buarque com a música “Mil Perdões”, “te perdôo por te trair”. Sim, traição, pois muita gente do PT acreditou na Globo (ainda tem quem acredite?) e se sentiu traído.

Outra música, “Atire a Primeira Pedra”, de Ataulfo Alves e Mário Lago, fala que “perdão foi feito pra a gente pedir”. No entanto, a vítima pedir perdão? Só na Globo a gente vê.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email