Lava Jato completa 3 anos de proteção aos tucanos

Além do seletivismo, partidarismo e parcialidade, que detona todo o judiciário em perspectiva, vide o caso da tarja preto em Aécio Neves, a Lava Jato tem a "comemorar" o maior desemprego e recessão na história do país desde 1929

Sergio Moro e Aecio neves
Sergio Moro e Aecio neves (Foto: Esmael Morais)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A força-tarefa Lava Jato liderada pelo juiz Sérgio Moro completa três anos nesta sexta-feira (17) de proteção aos tucanos e políticos que deram o golpe de Estado.

Além do seletivismo, partidarismo e parcialidade, que detona todo o judiciário em perspectiva, vide o caso da tarja preto em Aécio Neves, a Lava Jato tem a "comemorar" o maior desemprego e recessão na história do país desde 1929.

Você acha que acabou? Não.

A Lava Jato também é a principal responsável (sócia) pela chegada dos corruptos ao centro do poder que a queriam "estancar" — embora pareça contraditório.

Nesses últimos três anos, a Lava Jato fez a economia do Brasil perder mais de R$ trilhão.

Entretanto, o juiz Sérgio Moro e a velha mídia golpista se gabam de a Lava Jato ter "recuperado" a merreca de R$ 10 bilhões.

Diante desses fatos expostos, somente um trouxa ou mau caráter com interesses contrários aos brasileiros comemoraria a tragédia da Lava Jato.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247