Lula é o cara para 2018

Essa pesquisa é animadora por duas razões: pelos seus resultados e pela constatação de que estão na memória do povo as conquistas e os avanços sociais que tivemos durante os 13 anos de governos petistas. De norte a sul, de leste a oeste, quando todos ganharam, os que viviam abaixo da linha da pobreza, a classe trabalhadora, a classe média, os ricos

Lula em Terezina (PI)
Lula em Terezina (PI) (Foto: Chico Vigilante)

O resultado da pesquisa Datafolha divulgada hoje, feita em quase 200 municípios brasileiros, é a maior paulada na direita brasileira, miquinhos amestrados do capital internacional.

O crescimento da vantagem expressiva de Lula sobre seus principais adversários na corrida presidencial para 2018 é a prova cabal de que o povo brasileiro, especialmente a população mais pobre, não aceita ser manipulada pela Globo e companhia.

Lula aparece em primeiro lugar, em todas as pesquisas, em todos os cenários, comparado com qualquer outro candidato, vencendo as eleições, apesar do massacre contra ele movido por Moro e sua turma com o apoio incondicional da mídia golpista.

Realizado na quarta (27/09) e na quinta (28/09), o levantamento mostra que se não houver mais golpes dentro do golpe, pelo Congresso ou pelo Judiciário, Lula vencerá as eleições para a Presidência nas próximas eleições.

As menções espontâneas a Lula como o preferido aumentaram de 15% para 18% desde junho; e na pesquisa em que são exibidos cartões com os nomes dos candidatos, Lula lidera com 35% das intenções de voto.

Além disso a taxa de rejeição a Lula caiu nos últimos três meses de 46% para 42%.

Depois de todos os ataques covardes feitos a este homem, cuja única preocupação é a transformação da sociedade, é o bem-estar do povo brasileiro, Lula continua sendo o cara, aplaudido por onde passa, levando ao frenesi multidões que se reúnem para ouví-lo e abraçá-lo, para rir e chorar com ele.

Na verdade, a cada dia que passa Lula demonstra ser figura rara no cenário político brasileiro e um dos maiores líderes do mundo.

Poucos no contexto mundial apanharam tanto, foram caluniados tanto quanto ele, que teve sua companheira de lutas e de vida morta devido à tristeza das injustiças cometidas.

Essa pesquisa é animadora por duas razões: pelos seus resultados e pela constatação de que estão na memória do povo as conquistas e os avanços sociais que tivemos durante os 13 anos de governos petistas.

De norte a sul, de leste a oeste, quando todos ganharam, os que viviam abaixo da linha da pobreza, a classe trabalhadora, a classe média, os ricos.

Éramos um país muito mais alegre. Depois do golpe somos um país dividido, desiludido. A perspectiva de muitos brasileiros atualmente é o aeroporto em direção a outras terras. O de outros, como a minha, é resistir, lutar.

Dou razão a Dilma quando diz que vivo ou morto Lula vai ganhar as eleições de 2018.

Sim, porque suas ações e seu carisma estão introjetados na mente, no coração e na alma do povo brasileiro.

Chico Vigilante

Dep. Distrital, PT-DF

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247