Lula x Moro

Nesse jogo, provas sem convicções, assim como gol de mão, não devem valer.  Power Points, assim como os sinalizadores nos estádios de futebol, estão proibidos. O cenário que está sendo desenhado é de guerra

Moro e Lula
Moro e Lula (Foto: Nêggo Tom)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A história da humanidade é marcada por grandes pelejas, rivalidades históricas e por disputas acirradas, sejam na vida real ou na ficção, que sempre mexeram com a nossa adrenalina e nunca nos permitiu ser neutro com relação a disputa. Não tem como negar que todos têm um lado a escolher. Podemos citar Deus x Diabo, Davi x Golias, Senna X Prost, Frajola x Piu Piu, Esquerda x Direita e mais recentemente, fãs do Bolsonaro x Seres humanos. Mas nenhum confronto foi tão esperado nos últimos 500 anos, quanto o que envolve o ex-presidente Lula e o Juiz Sérgio Moro. Qualquer Fla x Flu perto desse duelo, é uma simples pelada de várzea.

As torcidas já esgotaram os ingressos, as bolsas de apostas estão em ebulição e os dois times prometem usar todas as estratégias e táticas possíveis para vencerem a disputa. O Fórum de Curitiba terá o seu dia de Coliseu de Roma, onde a luta entre os gladiadores levava o público ao delírio e garantia o pão e o circo daqueles oprimidos e alienados plebeus. Hoje, o governo ilegítimo está oferecendo muito mais circo (e dos horrores) do que pão e é o povo quem está na arena prestes a ser devorado pelos leões golpistas e pelos lobos famintos donos capital estrangeiro, que nem se preocupam mais em se disfarçarem de vovozinha para dar o bote na chapeuzinho vermelho. 

O encontro entre Moro e Lula, será abastecido por um combustível muito mais político do que jurídico, o que na prática, transformaria a "final de campeonato"" vendida por parte da mídia, num simples amistoso de luxo. No maior estilo casados x solteiros, ou amigo dos coxinhas x amigo dos mortadelas. Tem gente imaginando que Lula poderá sair de Curitiba preso e que o Juiz Sergio Moro se transformará em um novo Messias, que libertará o povo brasileiro de todo o mal que a corrupção nos faz. Mas a realidade deve ser bem diferente. Lula poderá sair de Curitiba mais candidato a presidência do que nunca e o Juiz Sergio Moro, assim como um zagueiro brucutu, terá que assistir pela televisão a vitória de quem ele perseguiu durante os noventa minutos, mas não foi capaz de parar. Pelo menos na bola.  

Nesse jogo, provas sem convicções, assim como gol de mão, não devem valer.  Power Points, assim como os sinalizadores nos estádios de futebol, estão proibidos. O cenário que está sendo desenhado é de guerra. A Polícia aconselhou aos comerciantes de Curitiba, fecharem os seus estabelecimentos no horário do depoimento, temendo um confronto entre os "torcedores". Segundo o esquema de segurança montado pela Secretaria de Segurança do Estado, a "torcida" de Lula deverá permanecer a 5 km de distância do Fórum, enquanto que a "torcida" do time da casa, poderá ficar a apenas 2,5 km do local do depoimento.  O que deveria ser apenas um depoimento, se transformou numa final de Taça Libertadores da América, entre brasileiros e uruguaios, e como a espetaculização do momento será inevitáv el, é bom comprar pipoca e guaraná, se acomodar no sofá e torcer para o seu time de coração. 

Haja coração! 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247