Miriam e Sardenberg fogem do debate com caminhoneiros sobre a política de preços da Petrobras



“no sábado (27/03) às 9:00 horas estaremos discutindo abertamente a política de preços praticada pela Petrobrás”

Em comunicado enviado ontem ao Conselho Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas – CNTRC, os jornalistas da Rede Globo,   Miriam Leitão e Carlos Alberto Sardenberg, tentam se esquivar do convite feito pelos caminhoneiros  (vide artigo de ontem https://www.aepet.org.br/w3/index.php/conteudo-geral/item/5992-caminhoneiros-desafiam-miriam-e-sardenberg-para-debate-sobre-politica-de-precos-da-petrobras )  para um debate sobre a política de preços da Petrobrás conhecida como Preço de Paridade de Importação – PPI, que estabelece preços no mercado interno como se todo o combustível brasileiro fosse importado, quando na realidade a importação corresponde a uma pequena parcela do consumo interno.

Segue a resposta dos jornalistas:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
email

Vejam que eles querem um encontro “fechado para convidados, sem gravação e sem vinculo com redes sociais”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Consultado o presidente do CNTRC, Plinio Dias, se posicionou “ O Conselho tem compromisso com a transparência e não aceita uma exigência deste tipo. Se os jornalistas, por uma concessão obtida, podem levar informações a milhões de brasileiros. Do mesmo modo eles tem a obrigação de responder pelo que falam perante estes mesmos milhões de brasileiros”  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em entrevista o diretor jurídico do CNTRC Dr. Eduardo Madureira informou “ vamos formular um pedido de informação e esclarecimentos ou que sejam feitas correções nos fatos noticiados pelos jornalistas da Rede Globo” 

Plinio Dias, presidente do CNTRC, também esclareceu “independentemente da presença dos jornalistas da Rede Globo, a pauta do III Encontro do CNTRC está mantida e no sábado (27/03) às 9:00 horas estaremos discutindo abertamente a política de preços praticada pela Petrobrás e suas consequências não só para os caminhoneiros mas para toda a população brasileira”  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email