Moïse, Presente!

A poetisa Cristine Nobre Leite se sensibiliza com o assassinato do congolês Moïse Kabagambe ocorrida no dia 24 de janeiro

www.brasil247.com -
(Foto: Divulgação)


Cipó de Aroeira

Moïse, Presente!

Por Cristine Nobre Leite

O Brasil do carnaval,
Do samba, do futebol
De belo raiar de sol
De tanto potencial
Vai se mostrando brutal
Quando o assunto é racismo
Vê-se a alta de um fascismo
Bem no seio da Nação
Gente perdendo a visão:
Cegueira e barbarismo

Moise aqui foi vitimado
Violência com paulada
Escrevo muito chocada
Com o que foi noticiado
Calmantes? Quero um bocado
Mas antes vou versejar
Pra algum coração tocar
A qualquer hora do dia
E uma simples poesia
Possa uma mão afagar

Era um jovem Congolês
Que veio refugiado
Sem ter dinheiro guardado
Quis seus duzentos da vez
Pelo trabalho que fez
Deveria receber
Nunca imaginou morrer
Por aquela mixaria
Com tanta selvageria
Que me custa descrever

Bem no Rio de Janeiro
Lá na Barra da Tijuca
Um inesperado machuca
Faz doer o mundo inteiro
Como em "O Navio negreiro"
Castro pôs-se a declamar:
"Em sangue a se banhar
(Num)... estalar de açoite
Homens negros com a noite
(Vão)...Horrendos a dançar"

É certo que a escravidão
No Brasil ainda arraigada
Ficou muito impregnada
Na elite da exclusão
Atraso pra evolução
De uma Nação Soberana
Que pouca energia emana
Para o quesito equidade
Há cinzas de iniquidade
E muita pessoa insana

As cores de uma bandeira
Distintas das raciais
Algumas menos iguais
Outra parece maneira
Tez branca não é barreira
Cor negra parece afronta
Mas o vermelho desponta
No sangue de um cidadão
Que ao querer transfusão
A cor da pele não conta

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247