Moro num país em que o juiz subverte o processo judicial em processo midiático

Moro subverte o processo judicial em processo midiático na cara dura, sem vergonha alguma das contradições que divulga nas redes sociais. É um péssimo exemplo na magistratura! Não lhe basta a lei para julgar. Ele precisa jogar gasolina no processo que enxerga como uma fogueira

Moro
Moro (Foto: Luciana Oliveira)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O juiz Sérgio Moro ultrapassou o limite do ridículo ao divulgar um vídeo na página criada pra ele, pela esposa, no Facebook, em que se dirige à sua torcida.

Ele vai ouvir o ex-presidente Lula no próximo dia 10 e se diz preocupado com a “confusão, conflito”.

Para isso apela a seus torcedores que não se dirijam à Curitiba para lhe dar apoio.
Não quer que ninguém se machuque, diz.

E diz isso, ao mesmo tempo em que esclarece que é só um ato normal do processo e que “nada de diferente vai acontecer nessa data, apenas um interrogatório”.

Então, por que o vídeo?

Moro coleciona contradições e suspeitas sobre sua atuação.

A obsessão por prender Lula já o levou a pedir desculpas formalmente ao Supremo Tribunal Federal, quando levantou o sigilo de diálogos telefônicos que envolviam a presidenta da república, Dilma Rousseff.

Na ocasião, ele criou ‘sem querer’, como agora, um fato puramente midiático.

Não tem uma semana que Moro foi desmoralizado por obrigar só Lula a estar presente no depoimento de 87 testemunhas que indicou. O juiz Nivaldo Brunoni, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, o enquadrou:”não parece ser razoável exigir-se a presença do réu em todas as audiências de oitiva das testemunhas arroladas pela própria defesa, sendo assegurada a sua representação exclusivamente pela sua defesa técnica”.

O novo vídeo que Moro gravou pra sua torcida é mais uma tentativa desesperada de recuperar o apoio popular que, segundo pesquisa recente do Datafolha, despencou de 25% para 11%. Entre os mais jovens, o aplauso caiu de 8% para 5%.

O desespero do juiz em perseguir apoio para condenar Lula é a única razão para o vídeo divulgado na página Moro Com Ele.

Por que só contra Lula ele promove um show midiático?

Por que só pra fundamentar decisões contra Lula ele atiça pressão popular?

Moro subverte o processo judicial em processo midiático na cara dura, sem vergonha alguma das contradições que divulga nas redes sociais.

É um péssimo exemplo na magistratura!

Não lhe basta a lei para julgar.

Ele precisa jogar gasolina no processo que enxerga como uma fogueira.

Moro perdeu mais que a noção do compromisso com o direito pleno e livre de manipulação por clamor público.

Perdeu o senso do ridículo.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247