Nós temos Benedita!

Benedita da Silva não é apenas candidata à Prefeitura. Ela é, também, o nosso maior patrimônio

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Rio de Janeiro é uma cidade linda para todos nós que moramos, trabalhamos e aqui vivemos. Mas, com certeza, também é linda para milhares de turistas que por aqui passam e se encantam com as suas belezas, com o jeito leve e despojado dos cariocas. O excesso de sol, luz, de praias abundantes, o clima tropical, é sempre um convite para esta cidade que foi esculpida entre o mar, morros e a serra do Atlântico.

Mas esse Rio, de janeiro a dezembro, que tanto amamos e cantamos em verso e prosa, grita sob o martírio de governos inescrupulosos, ladrões, facínoras, milicianos, falsários e mentirosos. Precisamos resgatar o Rio para todos os cariocas, tirar a cidade do abismo aonde ela foi enfiada pela enorme incompetência e irresponsabilidade dos governos estadual e municipal. 

“A cidade mais bonita do mundo não pode ter o pior prefeito”. Foi o que disse Benedita da Silva (PT/RJ), em campanha nessas eleições para a Prefeitura do município. A candidata está corretíssima. Parece que o Rio desandou, mudou o seu curso, andou para trás. Evidentemente, eles afundaram a cidade do Rio de Janeiro num retrocesso sem precedentes desde o governo Cabral, depois Pezão e agora do ex-juiz Wilson Witzel. Todos envolvidos até o pescoço em corrupção.

Os cariocas, a população do Rio pode fazer a diferença e mudar o curso desta história nefasta e de desmontes. Pode pôr para correr os milicianos, os fundamentalistas e também aqueles que se disfarçam de bonzinhos, aqueles que alegam ter feito um ótimo governo quando estiveram na Prefeitura e agora vão fazer mais. Na verdade, esses são os vendilhões.

O povo precisa abrir os olhos porque não existe nenhuma diferença no governo municipal do Crivela, que é realmente uma porcaria, desastre total, em relação ao proposto pelo ex-prefeito Eduardo Paes. De boas intenções o inferno está repleto. Vamos lembrar que, além de ter deixado rombo nos cofres do município, o seu partido DEM é aquele que apoia 100% o governo Bolsonaro. E mais: é a favor da vasta lista de privatizações, da reforma administrativa e, consequentemente, da retirada de direitos dos trabalhadores.

Vamos resgatar os milhares de postos de trabalho que perdemos em nosso Município e Estado em razão da política de desmonte desses vendilhões. A indústria naval, que chegou a empregar, no seu ápice, mais de 70 mil trabalhadores graças à recuperação viabilizada nos governos do PT, foi totalmente aniquilada por esses destruidores.

Geração de emprego

O PT tinha um pré-candidato para essas eleições e que recebemos de abraços abertos – Marcelo Freixo, do Psol. E apresentamos Benedita da Silva para sua vice. Freixo recuou depois de patinar na busca de apoio de outros partidos, como PDT e PSB, mas também por falta de unidade dentro do próprio Psol. Eu, particularmente, acho que seu recuo foi um erro, mas entendo e, com certeza, ganhamos muito com a candidatura de Benedita da Silva.

Salve, salve! Nós temos Benedita da Silva! Temos a maturidade política aliada ao conhecimento, capacidade, ética. Uma candidata completa para todos os cariocas, do morro ao asfalto. Afinal de contas a proposta dela é governar para todos, priorizando os mais pobres, os desassistidos, e investindo para a geração de milhares de postos de trabalho, tão necessários para enfrentarmos os mais de 14 milhões de desempregados.

Ganhamos responsabilidade com o nome de Benedita da Silva e de sua vice, Enfermeira Rejane (PCdoB). Duas guerreiras gigantes! A história da nossa candidata nos enche de orgulho.  É uma história de luta, superação e combate ao racismo. Aliás, a história das duas, porque são mulheres fortes, de convicção, que podem efetivamente garantir mecanismos para combater as mazelas sociais. Sem dúvida é necessária maturidade política, mas, também, conhecimento e competência para governar uma cidade arrasada.

As propostas da candidata do PT são muitas e fundamentais para tirar o Rio do buraco. Dentre elas estão: criação de 100 mil empregos formais, em curto prazo, através de mutirões remunerados para melhoria das casas e pequenas obras nas comunidades; criação de empregos com a revitalização da Avenida Brasil a partir da instalação das  indústrias da saúde, óleo e gás e nas empresas de logística, e os investimentos no BRT; investimento na qualificação dos jovens, com avanços tecnológicos para proposta de transformação da cidade do Rio de Janeiro numa sociedade do conhecimento e inclusão digital; recuperação do turismo e criação de calendário de eventos para promover atividades culturais, esportivas e de entretenimento o ano inteiro; fortalecimento do ensino em lugares com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e altos índices de violência.

Um luxo ter Benedita da Silva. Ela não precisava ser candidata, mas o fez por amor à cidade do Rio de Janeiro, por respeito às diretrizes do Partido. E o amor não se explica, é imensurável nessa mulher que tem a cara e a cor do Rio. Benedita é uma ode carioca, um poema simétrico, em tom lírico. E olha que ela também canta e encanta com a sua simplicidade e muita afinação.

Ah! Se todos os políticos fossem iguais a ela... Todos os seus mandatos foram levados com muita coerência e determinação. Com trabalho voltado em defesa da mulher, da igualdade racial, das trabalhadoras domésticas, das minorias, dos direitos humanos e da população que mora nas favelas e periferias da cidade do Rio. A grande vitória foi ter garantido a todos os trabalhadores domésticos os direitos que têm os demais trabalhadores. Mais de 7 milhões de trabalhadores foram beneficiados graças à sua luta. Necessário destacar que mais recentemente, depois de muita articulação e mobilização a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, de sua autoria, foi sancionada e vai beneficiar também milhares de artistas, técnicos, além de espaços alternativos e projetos culturais em todo o Brasil e principalmente na cidade do Rio de Janeiro. Os trabalhadores da Cultura não podem esquecer essa importante conquista.

Benedita da Silva não é apenas candidata à Prefeitura. Ela é, também, o nosso maior patrimônio.    

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247