O Che não envelheceu e muito menos morreu

Hoje faz 50 anos da morte de Ernesto Che Guevara, o médico argentino que se tornou imortal combatendo as injustiças principalmente na América Latina, mas também na África

Hoje faz 50 anos da morte de Ernesto Che Guevara, o médico argentino que se tornou imortal combatendo as injustiças principalmente na América Latina, mas também na África
Hoje faz 50 anos da morte de Ernesto Che Guevara, o médico argentino que se tornou imortal combatendo as injustiças principalmente na América Latina, mas também na África (Foto: Renato Rovai)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Hoje faz 50 anos da morte de Ernesto Che Guevara, o médico argentino que se tornou imortal combatendo as injustiças principalmente na América Latina, mas também na África.
E eis que o Rodolfo Lucena me envia este vídeo sensível feito por ele e por sua esposa, a jornalista Eleonora de Lucena, com o guerrilheiro Diógenes de Oliveira, um dos poucos brasileiros que conheceu Che Guevara.
Rodolfo e Eleonora estão agora com o Canal de Produção Jornalística Tutaméia.
Ao homenagear o Che, com um vídeo deles, desejo vida muito longa ao Tutaméia.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247