O golpe

Vale referir ainda, que as garras já devidamente afiadas dos golpistas, não vão se limitar a arrancar os três anos de governo da presidenta .Na última enquete do Datafolha para as eleições de 2018, o ex-presidente Lula depois de ter sofrido o maior linchamento midiático desde Getúlio, ressurge na ponta das pesquisas em todos os cenários possíveis. Portanto, é absolutamente ingênuo acreditar que, mesmo se houver golpe, a Casa-Grande vai recolher suas garras!

O bom desempenho da economia, as políticas sociais, o prestígio externo, aliados a um carisma insuperável, promoveram o torneiro mecânico à categoria do presidente mais bem avalaido na história política do país em todos os tempos. Quem garante são as pesquisas mais recentes.

O presidente Lula no final de seu mandato, cavalgando à galope nos 83% de aprovação de seu governo, transformou 'o poste' Dilma na presidente dos brasileiros, sem ela nunca ter recebido um voto sequer para vereador E repetiu a dose em 2010, mesmo enfrentando a oposição de todas as elites e todas as mídias

Mas, bastou uma crise econômica mundial, uma presidenta sem muito jogo de cintura para lidar com avidez de políticos e a burguesia, aliada à mídia conservadora afiaram e colocaram as garras de fora.

Mas a presidenta é muito ética e não praticou crime de responsalidade! Oxente, e desde quando na América Latina para derrubar um presidente de esquerda se necessita de crime de responsabildade? Que história de ética e crime é essa se existe a FIESP, a Banca, o Feocomércio e o sistema GLOBO para promover o clima propício ao golpe (Muito esquisito! Há quatro meses as entidades patronais não enxergavam motivo para o impeachement).

Na verdade, quem produz o corrupto, o escândalo e o crime é a própria rede Globo batendo todo dia, vários e vários dias seguidos.
Não se pode deixar de adicionar a esse caldo de cultura elaborado pela sistema, o ingrediente do respaldo popular forjado numa mega manifestação convocada à exaustão pela rede dos irmãos Marinho. (Incrível 'coincidência' com a Marcha dos 100 mil em 64, patrocinada por empresas brasileiras e americanas que respaldou a queda do governo Jango.). Junte-se ainda, uma pitada de traição do conspirador Temer, a cara-de-pau do golpista Aécio e a cretinice do corrupto Eduardo Cunha e aí é só levar ao microondas do congresso, aquecido com estímulos da FIESP e vamos ter a receita certa para o golpe.

Acontece que do outro lado da arena existe a intelectualidade, o mundo artístico, juristas, os movimentos sociais, CUT, UNE, MST, e uma galera perfeitamente conscientizada de todo conluiu que vem sendo eleborado com a participação de outros segmentos que compõem a direitona brasileira.

Essa galera tem feito fervilhar nas redes sociais mensagens de muita luta e disposição para invadir Brasília e as grandes capitais, disposta a vender caro a nossa jovem democracia

Há de se convir no entanto, que a força da Casa-Grande, atrelada à experiência de outros golpes, anda preocupando a comunidade brasileira mais conscientizada e sensível aos preceitos da democracia.

Vale referir ainda, que as garras já devidamente afiadas dos golpistas, não vão se limitar a arrancar os três anos de governo da presidenta.

Na última enquete do Datafolha para as eleições de 2018, o ex-presidente Lula depois de ter sofrido o maior linchamento midiático desde Getúlio, ressurge na ponta das pesquisas em todos os cenários possíveis.

Portanto, é absolutamente ingênuo acreditar que, mesmo se houver golpe, a Casa-Grande vai recolher suas garras!

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247