O jornalismo ultra-fantástico de um “Mala”

Ninguém aguenta mais um ano de crise. Ou o Congresso e Judiciário fazem alguma coisa pra mudar essa situação, ou o povo, principal vítima desse golpe, irá tomar as ruas, invadir repartições etc... Para lutar pela democracia e por dias melhores, com consequências inimagináveis

Ninguém aguenta mais um ano de crise. Ou o Congresso e Judiciário fazem alguma coisa pra mudar essa situação, ou o povo, principal vítima desse golpe, irá tomar as ruas, invadir repartições etc... Para lutar pela democracia e por dias melhores, com consequências inimagináveis
Ninguém aguenta mais um ano de crise. Ou o Congresso e Judiciário fazem alguma coisa pra mudar essa situação, ou o povo, principal vítima desse golpe, irá tomar as ruas, invadir repartições etc... Para lutar pela democracia e por dias melhores, com consequências inimagináveis (Foto: Ricardo Fonseca)

“Bomba! Vamos detonar o Lula (líder absoluto nas pesquisas para a Presidência em 2018) pra que a Justiça de Curitiba possa ter “subsídios” e por fim conseguir prender o maior inimigo da direita fascista brasileira.” Devem ter pensado os editores desse foldão ISTOÉ, que um dia já foi, pasmem! uma revista.

Confira aqui esse lixo de matéria (inconsistente)  que só envergonha e enoja o jornalismo sério, ético e responsável.  

Conheça a verdadeira face desse aspirante a comediante de quinta categoria, aqui:

Essa será mais uma das tantas ações que o Dr. Cristiano Zanim Martins, advogado do ex Presidente Lula, irá vencer nos tribunais brasileiros.  

Confira a entrevista exclusiva que o Dr. Zanim concedeu a CONJUR e entenda o por quê desses factoides pra atingir e tentar manchar a imagem daquele que lidera com folga todas as pesquisas de intenções de votos, para a corrida presidencial de 2018.

Opinião do BLOG: 

Pois bem, após horas de matérias nos principais telejornais, rádios, capas de revistas e manchetes gigantescas dos jornalões da chamada pequena grande imprensa, o suposto sítio de Atibaia, suposto triplex do Guarujá, suposto amigo, suposto filho e agora suposta mala de dinheiro, não irão mudar o quadro que se desenhou após o golpe do Impeachment sem crime de 2016.

A direita tentou e conseguiu emplacar Michel Temer - o eterno decorativo - na Presidencia da República, mas ele felizmente não emplacou. Formando uma equipe de acusados e indiciados em crimes reais de corrupção, viu os seus ministérios derreterem iguais a sorvetes quando expostos ao sol.

Montaram um plano de governo que seria uma “Ponte pro futuro”, mas que na verdade se revelou um escorre-bunda para o passado. decepcionou!

O mundo inteiro percebeu e reconheceu o golpe tupiniquim, menos o nosso querido STF, que até agora parece dormir - sob provocada sedação profunda - o sono dos injustos. Essa inépcia e inércia da mais alta corte brasileira, abriu precedentes terríveis para o judiciário, que causará danos irreparáveis num futuro próximo.

A jurisprudência e casuísmo dos Três Poderes da República, nas prerrogativas de consolidar essas ações de interesse privado acima do público, está definitivamente sepultando todas as chances de sobrevivência e o combate efetivo, a maior recessão que esse País já atravessou.

O mais impressionante é que todas as ações do governo ilegal, são para mudar o que deu certo e impor uma condição totalitarista e elitista sob os menos favorecidos.

Mexeram na previdência social, no ensino médio e em todos os programas sociais do governo passado. Deixaram milhões de pessoas sem os remédios e assistência médica gratuita. E tudo isso, com a complacência do congresso nacional e do judiciário.

Realmente os tempos estão muito difíceis, principalmente quando o povo brasileiro só tem ao povo brasileiro para recorrer.

Podemos  afirmar que se o Brasil hoje fosse uma casa:

o governo federal seria o escritório, o judiciário os quartos, o congresso o banheiro, a elite da direita a copa e a cozinha, a mídia o entregador de jornal, a esquerda o vizinho chato e o povo, aquele mendigo que bate a porta ao meio dia, pedindo água e comida pra sobreviver.

Isso tem que mudar urgente! Ninguém aguenta mais um ano de crise. Ou o Congresso e Judiciário fazem alguma coisa pra mudar essa situação, ou o povo principal vitima desse golpe, irá tomar as ruas, invadir repartições, etc... Para lutar pela democracia e por dias melhores, com consequências inimagináveis. 

O povo quer apenas trabalho digno, democracia e justiça social, só isso. Deus nos ajude e nos livre desse e todo mal - Amém!  

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247