Obrigado, Lula

"Poderia estar desfrutando da condição de melhor presidente da história do Brasil. Mas o compromisso com o povo lhe coloca no centro da luta", diz Bepe Damasco

www.brasil247.com -
(Foto: Ricardo Stuckert)


Não deve ser nada fácil para você (permita-me tratá-lo com informalidade), depois de uma vida inteira dedicada à democracia e à justiça social, priorizando sempre os pobres e deserdados, ter que participar de um debate, como o da Globo, no qual um porco fascista como Bolsonaro o agride o tempo todo.

Faço ideia de sua angústia quando se vê forçado a responder a um sujeito de espírito apodrecido pelo ressentimento e pela inveja como Ciro Gomes, que, cumprindo o triste papel de linha auxiliar do fascismo, não teve nem coragem de sair em defesa da universidade pública quando foi questionado por um destes ultraneoliberais que odeiam o povo.

No momento em que você esteve frente à frente com aquele falso padre (falsidade ideológica é crime, registre-se), picareta que serve de escada para Bolsonaro, fiquei pensando como custoso deve ter sido conter a ânsia de vômito.

E haja sangue frio para aturar as investidas oportunistas dos nanicos, sem voto e sem expressão política. Nenhum deles é capaz de discutir propostas para o país, e muito menos as realizações de seus governos, restando-lhes apenas aquele discurso anticorrupção lacerdista de quinta categoria.

Estadista reconhecido no mundo inteiro, estrela de primeira grandeza da cena política internacional, você poderia estar desfrutando da condição de melhor presidente da história do Brasil, atendendo a convites para palestras e seminários ao redor do planeta e curtindo seu casamento recente, filhos, netos e bisnetos.

Mas o compromisso com seu povo lhe coloca no centro da luta aos 76 anos de idade. Ouvir todos os impropérios e acusações caluniosas, como no debate de ontem, muitos partindo de digníssimos representantes da escória da política, não é para qualquer um. E olha que você reagiu bem.

Ao submeter-se a três horas de embate com políticos da mais baixa extração, que sequer serviriam para engraxar sua chuteira, para usar uma metáfora futebolística tão ao seu gosto, você passou por mais uma sessão de sacrifício e provação.

Tudo para salvar o Brasil da destruição, resgatando a democracia e a soberania nacional. Mas você será eleito presidente da República pela terceira vez.

Muito obrigado, Lula.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247