Onyx acusa o PT e faz da mentira e do cinismo o método Bolsonaro de governar

A verdade é que o Onyx Lorenzoni quer entregar a previdência pública à iniciativa privada e tudo o mais que seu (des)governo de extrema direita, ultraliberal, predador e irresponsável puder fazer para beneficiar e privilegiar o mundo empresarial e financeiro, ainda mais quando se tratar de estrangeiros malandros, espertos e piratas; pare de mentir e comece a trabalhar

Onyx acusa o PT e faz da mentira e do cinismo o método Bolsonaro de governar
Onyx acusa o PT e faz da mentira e do cinismo o método Bolsonaro de governar (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

As declarações do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, à Globo News são irrefragavelmente obscurantistas, como o é também a postura e a conduta do presidente fascista, Jair Bolsonaro, ao qual ele representa no segundo cargo mais importante da República.

Lorenzoni é e sempre foi um político medíocre da direita gaúcha, carreirista do baixo clero da Câmara dos Deputados, de onde também saiu o fascista Bolsonaro, com o qual ele se reúne para fazer maldades contra o povo brasileiro e prejudicar tremendamente os interesses do Brasil.

Contudo, seu pronunciamento à Rede Golpe de Televisão, especificamente à Globo News, é uma ode à insensatez, à mentira, ao engodo, à desonestidade e à falsidade ideológica. Onyx, sabedor de sua incompetência e conhecedor de que o governo do qual participa não passa de um governo de fanfarrões desmiolados, resolveu mentir para amenizar o que não poderá ser amenizado.

Perverso como o Pica Pau do desenho animado, Onyx disse, na maior cara de pau e irresponsabilidade, que o aumento da taxa de desemprego, que vem aumentando ano a ano desde o golpe de estado de 2016. A verdade é que desde 2015, após a derrota do tucano playboy e golpista, Aécio Neves, por meio de pautas bombas, a economia brasileira que há anos estava a se fortalecer começou a degringolar.

Agora, pergunto: o Onyx não sabe disso? O ministro é tão estúpido até mesmo para entender o porquê de ele estar no poder? Evidente que ele sabe e compreende. O problema de seu (des)governo entreguista e antinacional, subalterno e subserviente aos Estados Unidos é reconhecer e explicar por que a direita da qual ele participa com empenho e determinação destruiu a economia, esvaziou o mercado interno e resolveu submeter os interesses do Brasil às vontades do imperialismo norte-americano.

Onyx é um idiota? Não. Jamais! Os jornalistas da Globo News que participaram do golpe de 2016 contra os trabalhadores brasileiros são um bando de rastaqueras e mequetrefes? Não. Jamais! Então por que essa gente sem eira nem beira mente e trapaceia quando se trata da verdade dos fatos, se eles sabem que a história não irá perdoar seus atos e ações contra a sociedade brasileira?

Respondo: porque a história não pune com celeridade os crimes dessas pessoas, mas apenas joga seus nomes no esgoto da própria história. Ponto. Para o bem da verdade, afirmo: Onyx Lorenzoni mentiu. E para ele mentir não há problema, já que um político aliado do maior mentiroso dos últimos tempos, que chegou à Presidência da República a publicizar fake news, ou seja, mentiras, calúnias, injúrias e difamações nunca vistas antes na história das eleições brasileiras.

Mentir e acusar, independente de provas e da realidade dos fatos não é e nunca foi problema para esse (des)governo fascista, antipovo e totalmente inimigo do Brasil, conforme demonstram as ações e os atos administrativos e políticos de tal (des)governo de extrema direita no qual Onyx Lorenzoni se destaca por sua incompetência, incongruência e perversidade quanto ao desenvolvimento e soberania do Brasil e à emancipação do povo brasileiro.

Onyx é um bravateiro e mente em público e para o público sem sentir culpa. Tal sujeito disse, sem sentir a mínima vergonha, que as altas taxas de desemprego, volto a repetir, acontecem porque é culpa dos governos petistas. Mentira e trapaça deslavadas. E por quê? Porque no período entre 2003 a 2010, quando Lula foi presidente e saiu do poder com quase 90% de aprovação popular após oito anos no poder e com índices acima de Nelson Mandela, foram criados 15.384 milhões de empregos.

Esta histórica realidade impressionou o mundo e fez a roda da economia girar como nunca se viu antes neste País violento, desigual e racista, cuja casa grande apátrida e plena de complexo de vira-lata escravizou seres humanos oficialmente por 388 anos, sendo que até hoje continua a escravizar, como acontece, agora, com o fim dos direitos trabalhistas e a malfadada “reforma” previdenciária. Reforma que não é reforma, diga-se de passagem, porque quando se pensa em reforma é para melhorar as condições de vida das pessoas, e não para roubar o povo brasileiro com o propósito de enriquecer ainda mais os empresários e os banqueiros.

Será que o Onyx é tão alienado, hipócrita e limitado intelectualmente que chega ao ponto de desconhecer todas essas razões e realidades? Não. Claro que não, cara pálida! Como o ministro está careca de saber, ele é integrante de um (des)governo e partícipe de um golpe de estado travestido de legal e legítimo, que tem a finalidade de concentrar renda e riqueza, além de entregar o País às multinacionais e atender principalmente os interesses dos Estados Unidos.

Afinal, temos um presidente de extrema direita que o mundo civilizado que ver pelas costas, além de bater continência, de forma irresponsável e ridícula, à bandeira norte-americana. Uma lástima e vergonha tal subalternidade digna de lacaios! Por sua vez, retornemos à questão. Além de Lula criar mais de 15 milhões de empregos formais, ou seja, com carteira assinada, a presidente legítima e constitucional, Dilma Roussef, que teve seu segundo governo violentamente sabotado pelas pautas bombas elaboradas por bandidos, a taxa de desemprego foi de 4,3% em dezembro de 2014. Trata-se de um índice pequeno em relação, inclusive, aos países desenvolvidos.

Índices mais do que pequenos, porque se tratou do menor nível já registrado pela Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já que o Onyx Lorenzoni não sabe de nada sobre coisa alguma, então se faz necessário informa-lo que no (des)governo de extrema direita de Jair Bolsonaro existem 13,4 milhões de pessoas desempregadas oficialmente, o representa taxa de desemprego de 12,7%.

É mole ou quer mais, cara pálida, já que todo cidadão que tem o mínimo de discernimento sabe que o desemprego e a ocupação informal atingem números muito maiores do que 13,4 milhões de desempregados. O subemprego no Brasil atinge cerca de 50 milhões de pessoas, a incluir os desempregados.

E aí vem o Onyx culpar os governos do PT, o Lula e a Dilma, ao invés de seu (des)governo tomar vergonha na cara e trabalhar em prol do Brasil e do povo trabalhador, que sustenta há séculos a burguesia tupiniquim preguiçosa e desprovida de programa e projetos para o País e à sua população, a mesma que sustenta esse monte de vagabundos, que jamais colocaram a mão na massa e que são sustentados pelas benesses do Estado burguês há séculos.

Uma burguesia provinciana e lacaia, que odeia o Brasil e seu povo ao ponto de congelar o orçamento por 20 anos, além de vender as estatais construídas no decorrer de um século da forma mais prostituída possível, sem prestar contar e muito menos preservar os interesses da Nação. Este é o Onyx Lorenzoni que pensa ser todo mundo idiota ao ponto de engolir suas mentiras, leviandades, bem como sua incomensurável e irretratável perversidade.

A verdade é que o Onyx Lorenzoni quer entregar a previdência pública à iniciativa privada e tudo o mais que seu (des)governo de extrema direita, ultraliberal, predador e irresponsável puder fazer para beneficiar e privilegiar o mundo empresarial e financeiro, ainda mais quando se tratar de estrangeiros malandros, espertos e piratas, a exemplo de Donald Trump e sua malta repleta de lobos. Pare de mentir Onyx, pois você está a ficar velho, fato este que não diminui ninguém, porque ficar velho não significa ser velhaco...

Enquanto isto, para a inveja e o ódio da extrema direita brasileira que está aboletada no Palácio do Planalto, a fazer um monte de asneiras e incompetências, Luiz Inácio Lula da Silva, que foi encarcerado injustamente para que a casa grande chegasse ao poder central e atendesse os interesses dos Estados Unidos, é homenageado e lembrado no mundo em manifestações do Dia 1º de Maio. Isto mesmo, camarada. Lula foi lembrado em Munique, Copenhage, Bruxelas, Lisboa, Estocolmo, Walvis Bay, Berlim, Genebra, Madrid, Cidade do México, Sttutgart e Paris, dentre muitas outras.

Nessas cidades milhares de pessoas fizeram com as mãos a letra “L” de Lula Livre!, bem como divulgaram imagens pelas redes sociais e agências internacionais, além de cartazes, faixas e palavras de ordem. A campanha Lula Livre!, sem sombra de dúvida, integrou-se aos países desenvolvidos.

Viu ministro Onyx Lorenzoni do (des)governo fascista? Viu que nem todo mundo é analfabeto político como os bolsominions? Que não é todo mundo que prega o ódio e transforma a mentira em ato de governar? Esqueçam o PT, porque o Partido dos Trabalhadores desde 2015 não governa. Pare de mentir e comece a trabalhar. Lula Livre! É isso aí.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

blog

Bozo, Marreco e o Gringo Valdo

Dez da manhã. No seu palácio, o monarca Bozo se espreguiça, dá um longo bocejo, arrota e, mãos enfiadas no moleton, coça os documentos. Abre-se a porta da sala e o ministro da justiça adentra o...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247