Petrobras reajustou 116 vezes o preço da gasolina em um ano. Requião pede internamento de Temer

A maior desonestidade intelectual do golpe de Estado é dizer que o preço da gasolina — e do gás — foi necessário reajustar porque o governo do PT fez "populismo" ao manter o produto acessível a todos. Mentira. Dilma Rousseff foi derrubada justamente para que Michel Temer et caterva fizessem justamente o que estão fazendo com o nosso petróleo: privatizá-lo e reajustá-lo incríveis 116 vezes em apenas um ano!

Michel Temer, petróleo, pré-sal
Michel Temer, petróleo, pré-sal (Foto: Esmael Morais)

A maior desonestidade intelectual do golpe de Estado é dizer que o preço da gasolina — e do gás — foi necessário reajustar porque o governo do PT fez "populismo" ao manter o produto acessível a todos. Mentira. Dilma Rousseff foi derrubada justamente para que Michel Temer et caterva fizessem justamente o que estão fazendo com o nosso petróleo: privatizá-lo e reajustá-lo incríveis 116 vezes em apenas um ano!

Entre idas e vindas, segundo dados da própria companhia de petróleo, o saldo é muito ruim para os consumidores com aumento acumulado de 29,54% no período. A título de comparação, Temer reajustou o salário mínimo em mixuruco 1,8% cujo valor nominal será de R$ 954 a partir desta segunda-feira, 1º de janeiro.

A oscilação no preço o óleo diesel foi maior inda: 120 vezes, mas o saldo também foi muito negativo para os consumidores com o aumento acumulado de 25,42%.

"Em um ano estes psicopatas liberais que se apossaram da Petrobras reajustaram a gasolina em 116 vezes! E não foram internados!", disparou o senador Roberto Requião (PMDB-PR), presidente da Frente Nacional em Defesa da Soberania e um dos organizadores do #OcupaTRF4, em Porto Alegre, no próximo dia 24 de janeiro.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247