Próxima legislatura do Congresso precisa fazer urgente a CPI do orçamento secreto

Enquanto essa gente picareta fica fazendo a farra, a banda podre do sistema discute voto impresso, urna eletrônica, coisas que já estão resolvidas

www.brasil247.com -
(Foto: divulgação)


Pessoas que já viveram mais tempo nesse Brasil velho de guerra devem estar lembradas dos “Anões do Orçamento”. Na época, o famoso João Alves, então deputado federal, ficou famoso porque ao depor na CPI do Orçamento – que investigou um grande esquema de corrupção envolvendo as emendas do Orçamento da União – disse, na tentativa de justificar seu patrimônio, que era “um homem de sorte”, pois tinha ganhado 300 vezes na loteria.

Hoje chego à triste conclusão que João Alves, Genebaldo Correia (que era o líder do MDB na época e um dos envolvidos no esquema dos anões do Orçamento) e tantos outros políticos eram todos uns bobões, se comparados com o que os parlamentares de hoje estão fazendo.  Naquele tempo, esses ladrões desviaram alguns milhares de cruzeiros para fazer uma pontezinha aqui, uma pinguela ali. Mas agora não. Os caras estão metendo a mão grande no Orçamento da União, por meio das emendas do orçamento secreto. 

Vejamos: o governo do capitão capiroto reservou para o orçamento secreto deste ano, dentro do Orçamento Geral da União (OGU) R$ 16,5 bilhões. Vou repetir: R$ 16,5 bilhões. E deste montante, o Executivo Federal já empenhou R$ 7,7 bilhões. Só o presidente da Câmara, o deputado Arthur Lira (PP-AL), manobrou para receber e aplicar onde quiser e bem entender R$ 134 milhões por meio deste tipo de emendas de relator – do orçamento secreto. Vou repetir porque é um número assustador: são R$ 134 milhões. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), da mesma forma, manobrou e conseguiu R$ 93,5 milhões por meio dessas emendas. É um escárnio. Milhares de pessoas passando fome no país e essa gente fazendo isso com o orçamento. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O orçamento do país, mas vai ser aplicado a bel prazer dessas pessoas. E aí vêm os acordos espúrios feitos com prefeitos, com empreiteiras e tudo o mais. É roubo o que está acontecendo, um desvio de recursos públicos numa escala nunca antes vista nesse país. O resultado é que estão quebrando o Brasil. E quem ganhar as eleições em 2 de outubro vai encontrar o país quebrado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Enquanto essa gente picareta fica fazendo a farra, a banda podre do sistema discute voto impresso, urna eletrônica, coisas que já estão resolvidas. E o povo segue passando fome. 

Os pré-candidatos a deputado federal devem assumir o compromisso de que a primeira grande luta a partir da posse é pedir a criação de uma CPI para investigar o orçamento secreto e lutar pela sua instalação. Espero que os parlamentares que forem eleitos para a próxima legislatura – os que não estejam chafurdando nesse lodaçal – tenham coragem de fazer essa CPI. Porque consiste numa necessidade para a nação brasileira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

E ainda dizem que não tem corrupção no país.  Ora, mas a corrupção é comandada, ainda por cima, pelo Presidente da República. Isto é crime de lesa pátria. Não podemos aceitar que esse tipo de patifaria continue.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email