Se Bolsonaro sair da disputa Moro e Ciro ganham espaço?

"Se for retirado o candidato Bolsonaro retira-se em parte a polarização entre os dois principais e isso não implica diretamente que o eleitorado de Bolsonaro seja exatamente contra Lula"

www.brasil247.com - Ciro Gomes; Sérgio Moro e Jair Bolsonaro
Ciro Gomes; Sérgio Moro e Jair Bolsonaro (Foto: Reuters)


Os atuais aliados de Bolsonaro começaram a fazer pressão para que Bolsonaro não tente a reeleição. O motivo alegado é que Moro e Ciro ganhariam espaço e ficaria mais simples entrar num segundo turno entre Lula e qualquer um desses dois, entretanto como dizem pessoas que conhecem muito mais política eleitoral do que eu, nesse caso 2+2 não é necessariamente 4 pode ser menor ou maior do que esse valor e se deve pensar nos eleitores antes de qualquer coisa. 

Se for retirado o candidato Bolsonaro retira-se em parte a polarização entre os dois principais e isso não implica diretamente que o eleitorado de Bolsonaro seja exatamente contra Lula. Nas últimas eleições com o impedimento de Lula, uma parte daqueles que votariam nele migraram não para Fernando Haddad, muitos atribuem isso ao desconhecimento do nome do substituto, mas isso é uma meia verdade. Se Fernando Haddad tivesse tempo de campanha provavelmente ele teria ganhos no seu eleitorado, porém o não suficiente para ultrapassar Bolsonaro, pois o que uma parte significativa do eleitorado cativo de Lula não se identificou com o substituto. O que faltou em Haddad foi exatamente essa identificação que muitos podem chamar de carisma ou outros nomes, e exatamente o que ocorrerá com desistência de Bolsonaro, tanto Moro como Ciro tem peças na sua personalidade que não se encaixam no perfil do voto mais popular. 

Moro além de suas características totalmente não carismática, nem nas entrevistas encomendadas e dirigidas para o promover, elas foram sofríveis e frias, simplesmente porque ele é sofrível e frio. Toda a sua vida foi sempre resguardada pela Toga e pelo sistema judiciário e quando esse se enfrentou com Lula durante o julgamento ele teve que utilizar suas prerrogativas para não perder por completo o protagonismo de Lula no interrogatório. Outro fator que as pessoas esquecem que quem gosta de juízes e de todo os membros do sistema judicial é uma minoria da população, pois sabem que sempre estão em desvantagem quando ficam frente a frente com o sistema, além disso a população brasileira, de todas as camadas sociais, sabe que a justiça é lenta e favorece sempre os mais ricos, logo não há uma simpatia com os membros dessa casta. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ciro com sua aparência prepotente e de um membro da elite, pode ser visto como um patrão, e pior, como um patrão com aspecto violento, coisa que a imensa maioria dos eleitores de baixa renda já tiveram pela frente e sofreram com o comportamento prepotente dele. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em resumo, a retirada de Bolsonaro o 2 + 2 pode resultar 3 ou menos, o pessoal do centrão sabe disso mas sabe que terão que retirar seu apoio a Bolsonaro antes da eleição, porque com a crise econômica que terá tendência a agravar-se Bolsonaro virará um peso para quem apoia-lo, porém como os olhos do centrão é como diria a minha avó são maiores do que a barriga e enquanto eles puderem mamar nas tetas do governo federal haverá um desejo quase que irresistível de seguir apoiando o governo e para muitos será a última vez que apoiarão qualquer um. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email