Senador Valdir Raupp diz que se houver pressão popular vota contra reformas

Sob pressão, o senador Raupp disse que se os sindicatos endurecerem vai votar contra as reformas. Não só Raupp, mas vários deputados e senadores estão preocupados com os protestos que reuniram mais de 1 milhão de pessoas nas ruas no último dia 15

Senador Valdir Raupp diz que se houver pressão popular vota contra reformas
Senador Valdir Raupp diz que se houver pressão popular vota contra reformas (Foto: BETO BARATA)

O senador Valdir Raupp (PMDB), réu na Lava Jato, foi recebido com escracho na inauguração do prédio da UNISP em Rolim de Moura (RO), evento que reuniu várias autoridades como o governador Confúcio Moura, o Presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho e os deputados Cleiton Roque e Jean de Oliveira.

Os trabalhadores receberam a comitiva com faixas contra as reformas da Previdência e Trabalhista propostas pelo governo de Michel Temer.

Sob pressão, o senador Raupp disse que se os sindicatos endurecerem vai votar contra as reformas.

Não só Raupp, mas vários deputados e senadores estão preocupados com os protestos que reuniram mais de 1 milhão de pessoas nas ruas no último dia 15.

Mais de 125 cidades, incluindo 25 capitais, registraram grandes manifestações com bloqueio de vias, paralisação de trabalhadores, fechamento de escolas e interrupção de serviços de transportes públicos.

Em Rondônia, levantamento da Frente Brasil Popular apontou que mais 10 mil trabalhadores foram às ruas. Os protestos foram maiores em Porto Velho, com a participação de cerca de 5 mil trabalhadores, em Jí-Paraná com 1000 e em Cacoal com 1700.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247