Sergio Moro é um esplêndido auxiliar do Ministério Público

Até onde eu saiba, e eu posso estar enganado, a Constituição brasileira afirma, os códigos penais e tudo, que o ônus da prova cabe ao acusador. Eu não tenho de provar que eu sou inocente, você tem de provar que eu sou culpado, e aí eu tenho que mostrar a minha inocência, destruir a sua prova. Sem a sua prova eu não preciso me mexer

Moro
Moro (Foto: Eric Nepomuceno)

(originalmente publicado no Nocaute)

Eu não queria deixar de comentar a atual situação do ex-presidente Lula da Silva.

Quem assistiu, e eu me dei a pachorra de assistir ao segundo depoimento dele em Curitiba, percebeu um Lula mais que tenso. Um Lula irritado. A gente não sabe o que que vai acontecer, mas tudo indica que Sérgio Moro, além de ser juiz acusador e não o julgador, é um excelente, esplêndido auxiliar do Ministério Público.

Tinha lá uma promotora, fiscal, sei lá como é que chama. Uma moça cuja consistência era muito parecida com a de um pudim de nuvens, e foi o juiz Sérgio Moro que intercedeu para ajudá-la, o que me leva a crer que o Lula já está condenado em primeira instância de novo. Evidente, faltou um detalhe na acusação. A acusação é vasta, cheia de detalhes, de suposições, mas faltou um pequeno detalhe chamado prova.

Até onde eu saiba, e eu posso estar enganado, a Constituição brasileira afirma, os códigos penais e tudo, que o ônus da prova cabe ao acusador. Eu não tenho de provar que eu sou inocente, você tem de provar que eu sou culpado, e aí eu tenho que mostrar a minha inocência, destruir a sua prova. Sem a sua prova eu não preciso me mexer.

Agora, são tempos morosos. É muito tremendo o que acontece nesse país com a politização da Justiça, com a atuação descabida desses jovens do Ministérios Público, esses garotos fanáticos, e sobretudo com a liberdade de ação de um juiz que ao invés de julgar, acusa. Tanto assim que eu vou repetir: quando a acusadora é frágil, tal procuradora lá de Curitiba que eu não vou nem mencionar o nome dela que não vale a pena, quando ali a coisa está fraca, ele heróico, paladino, justiceiro corre para ajudar. É terrível isso.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247