Temer não consegue sequer reformar o próprio caráter

Mas é preciso fazer justiça a Michel Temer, ele sim fez e concluiu uma reforma, verdadeira reforma: no Palácio da Alvorada. Mandou instalar uma tela. Deu uma melhoradinha naquela maravilha desenhada por Oscar Niemayer. Reformou os móveis, os tecidos do sofá, porque a madame, aquela recatada, do lar e bela, não gostava das cores. Quer dizer, aquilo é patrimônio meu, seu

Brasília - DF 05/10/2016. Presidente Michel Temer e a Primeira-dama Marcela Temer durante cerimônia de Lançamento do Programa Criança Feliz. Foto: Beto Barata/PR
Brasília - DF 05/10/2016. Presidente Michel Temer e a Primeira-dama Marcela Temer durante cerimônia de Lançamento do Programa Criança Feliz. Foto: Beto Barata/PR (Foto: Eric Nepomuceno)

(originalmente publicado no Nocaute)

O governo do Michel Temer costuma dizer que é um governo de reforma, reformas. Eu lembro de um querido amigo meu que cometeu a imprudência de morrer, chamado Eduardo Galeano, escritor uruguaio. Ele dizia que nessa barafunda que virou a vida, que o mundo virou, as palavras perdiam seu sentido original.

O Galeano ria muito lembrando que os Estados Unidos, o país mais intervencionista da história da Humanidade, tem um Ministério da Defesa. E que deveria chamar Ministério do Ataque, porque ele só ataca. Eu estava lembrando do Eduardo quando eu... essa insistência do Temer de reforma.

Vamos lá, ele já fez a reforma do orçamento, aquela PEC, aquele emenda constitucional, que limita os gastos durante vinte anos. Quer dizer, é um homem que tem visão de futuro. Ele destrói o país para o futuro também. E significou de verdade um corte em despesa com Educação, Saúde Pública, Segurança Pública.

A outra reforma dele, que está agora brigando pra isso, é da Previdência Social. Reforma... se você pensar no que vai ser perdido por homens e mulheres que trabalham... Ninguém fala em cobrar os calotes do INSS, bilhões e bilhões. O próprio déficit que ele argumenta é uma coisa bastante polêmica. Ele não convence ninguém com isso.

Mas enfim, a reforma da Previdência, eu acho que serviu pelo menos para um coisa. Aquele balofinho, filho do Cesar Maia que preside a Câmara dos deputados, aliado de Cunha e depois traidor de Cunha, agora aliado fiel do Temer, fez uma afirmação que eu fiquei fascinado. Diz o Rodrigo Maia: "Ué não é que as mulheres querem direitos iguais, querem ter compatibilidade com o status do homem? Então que se aposentem na mesma idade". Ele fala isso sem a noção do ridículo.

Depois vai vir a reforma trabalhista. Os trabalhadores que já vão perder na aposentadoria já estão padecendo com a recessão provocada pelo golpe de 2016, vão perder também direitos trabalhistas de décadas. Num cenário de desemprego, de crise como é que eu vou pressionar pelos meus direitos? Eu vou tentar preservá-los.

Mas não, volta em cena o Rodrigo Maia dizendo que ele nunca entendeu a existência da Justiça Trabalhista. Claro nunca precisou dela. Porque papai está aí para garantir a mesada se ele não for eleito. É muito patético tudo isso.

Mas é preciso fazer justiça a Michel Temer, ele sim fez e concluiu uma reforma, verdadeira reforma: no Palácio da Alvorada. Mandou instalar uma tela. Deu uma melhoradinha naquela maravilha desenhada por Oscar Niemayer. Reformou os móveis, os tecidos do sofá, porque a madame, aquela recatada, do lar e bela, não gostava das cores. Quer dizer, aquilo é patrimônio meu, seu.

Essa reforma ele fez. Pra depois de dez dias mudar porque era assombrado por fantasmas o Palácio da Alvorada. Claro, os fantasmas da democracia, os fantasmas dos 54 milhões de votos que ele usurpou. Essa foi a única reforma. Agora a verdadeira reforma que eu esperava dele, essa não vai acontecer nunca. É a reforma do caráter. Porque pra reformar o caráter, você precisa ter um.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247