Temer vai ajudar “Jim Jones” a envenenar o PSDB

"Aécio é o Jim Jones do PSDB. Tal como o 'missionário' maluco, Aécio promete aos membros da sua seita, Templo dos Tucanos, que Belo Horizonte será o lugar mais seguro para se protegerem da guerra nuclear de 2018 entre os que estão no poder e os que pretendem tomá-lo de volta", diz o colunista do 247 Alex Solnik ao comprar o senador mineiro ao “missionário” americano que comandou o maior suicídio coletivo da história com 918 mortes; "Se Aécio perder a Batalha de 9 de Dezembro ele terá de tomar a decisão entre ficar no governo e sair do partido ou ficar no partido e sair do governo. Em qualquer dos dois casos o partido – ainda um dos três grandes – vai ficar menor do que é. E mais desgastado. E com chances eleitorais – que já são pequenas – ainda mais reduzidas", diz Solnik 

"Aécio é o Jim Jones do PSDB. Tal como o 'missionário' maluco, Aécio promete aos membros da sua seita, Templo dos Tucanos, que Belo Horizonte será o lugar mais seguro para se protegerem da guerra nuclear de 2018 entre os que estão no poder e os que pretendem tomá-lo de volta", diz o colunista do 247 Alex Solnik ao comprar o senador mineiro ao “missionário” americano que comandou o maior suicídio coletivo da história com 918 mortes; "Se Aécio perder a Batalha de 9 de Dezembro ele terá de tomar a decisão entre ficar no governo e sair do partido ou ficar no partido e sair do governo. Em qualquer dos dois casos o partido – ainda um dos três grandes – vai ficar menor do que é. E mais desgastado. E com chances eleitorais – que já são pequenas – ainda mais reduzidas", diz Solnik 
"Aécio é o Jim Jones do PSDB. Tal como o 'missionário' maluco, Aécio promete aos membros da sua seita, Templo dos Tucanos, que Belo Horizonte será o lugar mais seguro para se protegerem da guerra nuclear de 2018 entre os que estão no poder e os que pretendem tomá-lo de volta", diz o colunista do 247 Alex Solnik ao comprar o senador mineiro ao “missionário” americano que comandou o maior suicídio coletivo da história com 918 mortes; "Se Aécio perder a Batalha de 9 de Dezembro ele terá de tomar a decisão entre ficar no governo e sair do partido ou ficar no partido e sair do governo. Em qualquer dos dois casos o partido – ainda um dos três grandes – vai ficar menor do que é. E mais desgastado. E com chances eleitorais – que já são pequenas – ainda mais reduzidas", diz Solnik  (Foto: Alex Solnik)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

   Num artigo publicado em janeiro de 1962 na revista Esquire, o “missionário” americano Jim Jones revelou que a cidade de Belo Horizonte seria um lugar seguro em caso de uma guerra nuclear.

   A seguir, mudou-se para lá, onde alugou uma casa por algum tempo, mas, enfrentando dificuldades para abrir uma filial do seu Templo dos Povos - os brasileiros de então não eram tão suscetíveis a charlatães religiosos como atualmente - mudou-se para o Rio de Janeiro, em 1963.

   Quinze anos depois, comandou o maior suicídio coletivo do mundo, matando com suco de uva envenenado 918 membros da sua seita.

   Convenceu-os de que seria preferível essa morte, “digna” segundo ele, à que seria proporcionada pelo Apocalipse que estava próximo. Aécio é o Jim Jones do PSDB.

   Tal como o “missionário” maluco, Aécio promete aos membros da sua seita, Templo dos Tucanos, que Belo Horizonte será o lugar mais seguro para se protegerem da guerra nuclear de 2018 entre os que estão no poder e os que pretendem tomá-lo de volta.

   Tal como ele, mudou-se de Belzonte para o Rio.

   Tal como ele, tenta convencer seus seguidores que é preferível morrer “dignamente” ao lado de Temer.

   Tal como ele, vai provocar o maior suicídio coletivo da história do Templo dos Tucanos.

   Ao derrubar Tasso Jereissati da presidência, ontem, deu mais um passo nessa direção. Acirrou ainda mais os ânimos entre os dois grupos em que o partido está dividido, os que pretendem continuar no governo fisiológico de Temer custe o que custar e os que estão aflitos para pular fora da pinguela a tempo de os eleitores esquecerem, em 2018, que já estão nela há um ano.

   Penas voaram! O racha se concretizou. O que está em jogo é quem será o dono do PSDB. Deu nisso a social-democracia.

   Se continuar sendo Aécio o partido continua no governo e os incomodados ou terão de sair ou de se adaptar ao aecismo.

   Se Aécio perder a Batalha de 9 de Dezembro ele terá de tomar a decisão entre ficar no governo e sair do partido ou ficar no partido e sair do governo.

   Em qualquer dos dois casos o partido – ainda um dos três grandes – vai ficar menor do que é. E mais desgastado. E com chances eleitorais – que já são pequenas – ainda mais reduzidas.

   Claro que Temer vai fazer todo o possível para ajudar Aécio.

   O suco de uva envenenado é por sua conta.  

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247