Teto de gastos racha governo e BC vira bombeiro da banca

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Meca do capital abstrato

Implodiu a equipe econômica no comando do modelo neoliberal cuja prioridade, até agora, foi obedecer teto de gastos não financeiros(saúde, educação, infraestrutura etc), para sustentar gastos financeiros(pagamento de juros e amortizações da dívida). Os desenvolvimentistas, liderados pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho,  pregam mais recursos para os setores produtivos, para enfrentar o desemprego avassalador, enquanto os neoliberias, comandados por Paulo Guedes,  são prisioneiros da banca, que prioriza austeridade fiscal a qualquer custo. Enquanto isso, o BC tupiniquim, na pandemia, entrou na fase de emitir título público para salvar capital abstrato dos banqueiros de modo a evitar implosão monetária que levaria economia brasileira ao colapso total. Transforma-se não mais no instrumento de controlar preços e inflação, mas em bombeador de dívida para sustentar financeirização do capitalismo brasileiro dominado pelo dinheiro fictício, completamente, descolado da realidade. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247