Um general na Casa Civi!?!

O último general que ocupou esse cargo foi Golbery do Couto Civil. Mas foi na ditadura militar

Bolsonaro indica general que foi interventor no RJ para a Casa Civil
Bolsonaro indica general que foi interventor no RJ para a Casa Civil (Foto: Agência Brasil)

Quando eu e a torcida do Flamengo achávamos que não faltava mais nada para Bolsonaro fazer em termos de ataques à democracia brasileira ele vem e coloca um general na Casa Civil. Mas como isso pode ser possível se o nome do ministério é justamente Casa Civil?! O último general que ocupou esse cargo foi Golbery do Couto Civil. Mas foi na ditadura militar. 

Ao colocar o general Braga Neto no posto em lugar de Onyx Lorenzoni, Bolsonaro mandou recado muito claro aos políticos: civil não tem vez no meu governo.

Tudo bem que Onyx era um incompetente, mas eu prefiro um civil incapaz em vez de um general competente.

Braga Neto comandou a intervenção militar no Rio. Agora foi escalado para intervir militarmente na Casa Civil. 

Só tem militar agora no Palácio do Planalto. Augusto Heleno e Luiz Eduardo Ramos (que derrubaram Onix) e o novo ministro. Os três serão daqui por diante os principais conselheiros do presidente. Serão os formuladores das novas políticas do estado brasileiro.

Bolsonaro está conseguindo trazer militares de volta ao poder. Sem tanques nas ruas. Quem não for militar ou evangélico será tratado a pão e água. 

Não sei como o Congresso Nacional vai reagir a mais essa ofensiva contra o estado civil e laico, mas deve haver como barrar essa nomeação por meio do STF. Um presidente da República pode muito, mas não pode tudo. 

Se os políticos permitirem mais esse retrocesso logo mais vão perder seus empregos. E os brasileiros, nós todos, a liberdade. Militares são treinados ou para obedecer, ou para dar ordens. E quem não obedecer vai preso.

A nomeação de mais um general também tem objetivo de reforçar um governo abalado por uma sequência de escândalos cabeludos e escabrosos, como esse da queima de arquivo do miliciano que sabia demais. 

Que os políticos nem cogitem me derrubar, deve ter pensado Bolsonaro, ao escolher Braga Neto.

Ao mesmo tempo em que reforça e endurece o Executivo, ele está próximo de obter maioria no STF, pois Celso de Mello se aposenta no fim do ano e Marco Aurélio Mello no meio de 2021. Além disso, ele poderá obter o controle da Câmara dos Deputados no fim do mandato de Rodrigo Maia, no final deste ano.

Com generais no Planalto, controle da Câmara e do STF e os votos dos evangélicos será difícil Bolsonaro não se reeleger.

E quanto mais tempo ficar no poder, menos democracia teremos.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247