Um réquiem a população brasileira

Estamos numa situação que o número de mortes pelo Covid-19 facilmente atingirá as 2.000 mortes por dia mas poderá passar de 3.000, ou seja, será uma mortandade que será equivalente a todas as guerras e revoluções que ocorreram no Brasil

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Estamos numa situação que o número de mortes pelo Covid-19 facilmente atingirá as 2.000 mortes por dia mas poderá passar de 3.000, ou seja, será uma mortandade que será equivalente a todas as guerras e revoluções que ocorreram no Brasil, porém apesar de mais de 70% da população brasileira saber disso nada se fará, simplesmente porque uma pequena minoria confia nos Executivos Federal, Estadual e Municipal, outros confiam na câmara, senado e assembleias legislativas, poucos confiam nas câmaras municipais que no Brasil servem para contratar seus apaniguados como assessores que ninguém sabe para que, outros esperam que os tribunais farão alguma coisa e muitos ainda confiam no exército. Porém todas essas instituições estão umbilicalmente ligadas, e sabem que possuem limites para fazer algo, pois caso quisessem fazer algo concreto teriam que ir contra seus pares e como uma árvore cheia de macacos onde cada macaco está agarrando no rabo do de cima, se puxarmos um de baixo todos os demais caem. 

Na realidade todas as instituições brasileiras não são confiáveis, o judiciário junto com o ministério público tem interesse meramente pecuniário, ganham salários altíssimos e para contestar com vigor os outros poderes podem sofrer sérias represálias, como por exemplo, serem proibidas de ganharem mais do que a constituição lhes limita, os mais diversos órgãos do legislativo estão negociando com o executivo para obterem benesses legais para seus currais eleitorais ou alguns para seus próprios bolsos, o executivo comandado pelo grande capital, por exemplo, governadores de estado mantém escolas abertas para que as mães possam trabalhar, mesmo que seus filhos ao voltar para casa matem seus avós ou mesmos suas mães e pais. O prefeito de Porto Alegre num sincericídio macabro propôs aos seus munícipes que os mais fracos renunciassem a suas vidas para não provocar uma queda na economia portalegrense, isso não é uma mentira, é algo que está gravado em vídeo numa transmissão aberta no YouTube. Países com clara economia capitalista ou socialista como a Nova Zelândia e Vietnam simplesmente trabalham com a hipótese de zero contaminação, ou seja, se encontram um ou dois contaminados fecham toda a economia do país pois uma vida é mais importante do que bilhões de qualquer moeda. O nosso brilhante exército brasileiro, que no passado tinha orgulho de ter antepassados nas suas fileiras estão dobrando o seu ganho pecuniário colocando altas e médias patentes, totalmente incompetentes para as tarefas que lhes são atribuídas, mas reforçando o seu soldo com os mais diversos tipos de cargos, o pior que além de simplesmente retirarem profissionais experimentados para ocuparem o seu lugar, são humilhados pelo presidente, um suboficial da reserva que por muito pouco não foi expulso da corporação por crimes graves, como organização de atos de terrorismo contra as próprias forças armadas, servindo de uma diversão na sua submissão a quem não merece. Ou seja, se um oficial perder a mãe, um pai, ou até mesmo pessoas mais jovens de sua família, não tem muita importância, pois com o extra que vão ganhar poderão trocar de casa e a morte de uma pessoa se esquece, mas uma casa nova é permanente. 

Mas vou falar algo que pode surpreender muitos, nesse momento só podemos confiar no Vírus, ou seja, que ele mate uma parcela mais frágil da população ou mesmo alguns mais fortes e que ele atinja o que propriamente chamamos IMUNIDADE DE REBANHO, porque na verdade todo um brasileiro está se comportando como um bovino, que na entrada do matadouro espera a sua hora de morrer e se o vírus tiver alguma compaixão conosco ele nos poupa. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email