Violência sem fim: a guerra civil brasileira

Fica evidente que a desigualdade social contribui para a elevação dos índices críticos dos homicídios ocorridos no Brasil. O confronto entre policiais e criminosos só eleva o número de mortos, de ambos os lados, e há pouca efetividade sobre a redução do crime e da violência

Fica evidente que a desigualdade social contribui para a elevação dos índices críticos dos homicídios ocorridos no Brasil. O confronto entre policiais e criminosos só eleva o número de mortos, de ambos os lados, e há pouca efetividade sobre a redução do crime e da violência
Fica evidente que a desigualdade social contribui para a elevação dos índices críticos dos homicídios ocorridos no Brasil. O confronto entre policiais e criminosos só eleva o número de mortos, de ambos os lados, e há pouca efetividade sobre a redução do crime e da violência (Foto: Rodolfo Alves Pereira)

Brasileiros matando brasileiros. A violência é geral, ocorre indiscriminadamente nos grandes e pequenos centros de todo o país.
Qualquer cidadão é uma potencial vítima do aumento da criminalidade, principalmente os mais pobres, os excluídos e marginalizados da sociedade, os quais não têm condições de possuir um carro blindado e morar em condomínios com segurança privada.

Fica evidente que a desigualdade social contribui para a elevação dos índices críticos dos homicídios ocorridos no Brasil. O confronto entre policiais e criminosos só eleva o número de mortos, de ambos os lados, e há pouca efetividade sobre a redução do crime e da violência. O crime deve ser combatido, é obvió, mas somente a repressão armada tem se mostrado insuficiente. Há que se discutir e colocar em prática outras estratégias.

Sem políticas públicas sólidas destinadas a reduzir radicalmente os desníveis e as barreiras que dividem o povo, estaremos fadados ao fracasso enquanto nação e, pior ainda, também enquanto seres humanos.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Lula volta a frustrar Moro, Rede Globo e PSDB
Mauro Nadvorny

Não é o Lula, é o Lula

Ninguém pode ser condenado sem trânsito em julgado. Em outras palavras, um culpado de um crime qualquer, só pode cumprir sua pena, quando tiver sua condenação confirmada e todos os recursos negados...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247