HOME > Brasil

"A paridade salarial entre mulheres e homens é um avanço civilizatório e não pode retroceder", diz Ministra das Mulheres

Arthur Lira planeja pautar para votação ainda nesta quarta-feira um requerimento de urgência para o PDL que visa acabar com a paridade salarial entre homens e mulheres

Cida Gonçalves (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – A Ministra da Mulher, Cida Gonçalves, divulgou nesta quarta-feira (17) uma declaração contrária a um projeto de decreto legislativo (PDL) que pretende revogar a portaria do Ministério do Trabalho e Emprego que regulamentou a Lei da Igualdade Salarial entre homens e mulheres.

“A paridade salarial entre mulheres e homens é um avanço civilizatório e não pode retroceder! É inadmissível que haja uma proposta de deputadas/os eleitas/os pelo povo com a intenção de reverter essa vitória para as trabalhadoras brasileiras”, escreveu em rede social.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), planeja pautar para votação ainda nesta quarta-feira um requerimento de urgência para o PDL. No entanto, ainda não foi estabelecido se o projeto de decreto legislativo será votado hoje ou apenas o pedido de urgência.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados