Alta rejeição inviabiliza ex-juiz suspeito Sergio Moro

Ex-juiz parcial tem 61% de rejeição e está tecnicamente empatado com Bolsonaro, segundo a pesquisa Genial/Quaest

www.brasil247.com -
(Foto: Lula Marques/Fotos Públicas)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira (8) traz péssimas notícias para o ex-juiz Sérgio Moro, condenado pelo Supremo Tribunal Federal por parcialidade contra o ex-presidente Lula. 

De acordo com o levantamento, o pré-candidato a presidente pelo Podemos é rejeitado por 61% da população. O índice coloca Moro tecnicamente empatado com Bolsonaro no ranking dos candidatos em quem os eleitores dizem que "conhecem e não votariam".

Confira os números: 

PUBLICIDADE
Rejeição Moro


Segundo a pesquisa Quaest, Lula lidera em todos os cenários, em primeiro e segundo turnos. Já Jair Bolsonaro permanece em segundo lugar, mas é derrotado em qualquer cenário de segundo turno.  

No cenário com sete pré-candidatos, Lula teria 46% dos votos; Bolsonaro, 23%; Sergio Moro viria em terceiro, com 10%; Ciro Gomes, na quarta posição, com 5%; João Doria (PSDB), com 2%; e Rodrigo Pacheco (PSD) e Felipe D’Ávila empatados com 1%. O número de brancos e nulos é de 7% e o de indecisos, 5%.

PUBLICIDADE

Alckmin vice de Lula

Pesquisa do instituto Quaest indica baixa rejeição dos eleitores a uma eventual chapa com o ex-presidente Lula e o ex-governador Geraldo Alckmin de vice para as eleições de 2022.

Para 64%, Alckmin como vice de Lula não muda a intenção de voto no petista. 13% disseram que esta composição de chapa diminui a chance de votar em Lula e 12% afirmaram que Alckmin vice aumenta a chance de votar em Lula. 

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email