Após negativa da Índia, Azul adia voo do Recife para buscar vacinas e não tem nova data

O avião saiu de Campinas e fez uma escala em Recife. A Azul disse que "está preparada para voar, mas precisa aguardar o Ministério da Saúde resolver questões do fornecimento dos imunizantes"

(Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O voo previsto para sair de Recife para a Índia buscar 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 de Oxford/AstraZeneca para o Brasil foi adiado nesta sexta-feira, 15. O avião fretado pelo governo de Jair Bolsonaro é da Azul Linhas Aéreas, que não informou a nova data da viagem.

Segundo Bolsonaro, em entrevista ao apresentador José Luiz Datena, da TV Band, afirmou que "daqui a dois, três dias no máximo o nosso avião vai partir e vai trazer essas 2 milhões de doses", adquiridas do laboratório indiano Serum.

O avião saiu de Campinas (SP) e fez uma escala em Recife (PE). A Azul disse que "está preparada para voar, mas precisa aguardar o Ministério da Saúde resolver questões do fornecimento dos imunizantes".

Segundo o governo indiano, o governo brasileiro foi precipitado, pois ainda não há condições de disponibilizar as doses acertadas. O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Anurag Srivastava, disse que é muito cedo para discutir as exportações de vacinas, já que o programa de imunização da Índia está programado para ser lançado no sábado, 16.

O chanceler da Índia, Subrahmanyam Jaishankar, afirmou ao ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, que não será possível enviar vacinas contra a Covid-19 agora para o País.

Jaishankar disse que há "boa vontade" para atender ao apelo, porém há "dificuldades logísticas", uma vez que a Índia iniciará em breve a vacinação no país, que tem mais de 1 bilhão de habitantes.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email