Barroso sai em defesa da Lava Jato e diz que ataque ao STF é culpa dos ministros

Em palestra nos EUA, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso admite que a Corte está sob ataque e vive um momento de descrédito, mas afirma que a culpa é dos ministros que, sem citar nomes, atuam como "obstáculo no combate à corrupção"

Barroso sai em defesa da Lava Jato e diz que ataque ao STF é culpa dos ministros
Barroso sai em defesa da Lava Jato e diz que ataque ao STF é culpa dos ministros

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso aproveitou uma palestra nos Estados Unidos, nesta quinta-feira (25), para endossar o discurso de procuradores da força-tarefa de Curitiba contra a Corte.

Barroso admite que a corte está sob ataque e vive um momento de descrédito, mas afirma que a culpa é dos ministros que, sem citar nomes, atuam como "obstáculo no combate à corrupção".

"A pergunta que me faço frequentemente é por que o STF está sob ataque, por que está sofrendo esse momento de descrédito. Bem, o que acho que está acontecendo é que há uma percepção em grande parte da sociedade e da imprensa brasileira de que o STF é um obstáculo na luta contra a corrupção no Brasil", disse o ministro durante palestra na Universidade de Columbia, em Nova York, de acordo com reportagem da Folha de S. Paulo. "Eles sentem que o Supremo frequentemente protege a elite corrupta", completou.

Barroso saiu em defesa dos procuradores de Curitiba e disse que alguns ministros "mostram mais raiva de procuradores e juízes que estão fazendo um bom trabalho do que de criminosos que saquearam o país".

"Tudo o que o STF pode retirar da Vara Federal de Curitiba, onde o combate à corrupção está funcionando bem, ele [Supremo] o fez", disse.

 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247