Bolsonaro debocha de sintoma das vítimas do covid-19 e diz que vírus é igual chuva: "pode molhar ou afogar"

247 - Jair Bolsonaro voltou a tratar sobre a pandemia com analogias que minimizam e debocham dos efeitos do vírus. Nesta quarta-feira (1º), ele disse que o coronavírus é igual chuva.

“Às vezes você vai se molhar. Às vezes vai virar afogamento”, disse Bolsonaro em entrevista ao apresentador Datena, da Band. Um dos relatos das vítimas contaminadas pelo covid-19 é de que a sensação de falta de ar é a mesma de um afogamento.

Depois de vários dias insuflando a campanha contra o isolamento e incentivando os brasileiros a saírem de casa e retomarem a rotina, Bolsonaro disse hoje que a mídia está exagerando sobre a gravidade, gerando uma onda de pânico sem necessidade.

“Nós sabemos que pouco mais de 70% da população tá apavorada. Houve uma superexposição da mídia e o pessoal ficou preocupado. Às vezes tem muita coisa no mundo que mata mais das consequências do pânico do que do mal em si”, declarou.

Receber notificações do Brasil 247. Inscreva-se.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Leia também:

Gilmar Mendes sobre militares: incomodou porque ‘bateu em perna quebrada’ do governo

O ministro do STF Gilmar Mendes sugeriu que sua fala sobre militares no Ministério da Saúde revoltou o governo Jair Bolsonaro porque...

Orlando Silva aponta falha em texto do Senado sobre fake news

Escolhido por Rodrigo Maia para coordenar grupo de debate na Câmara, deputado do PCdoB afirma que falta de punição para quem financia...

Técnicos do Inpe denunciam desmonte e estrutura paralela de gestão

Em cartas, técnicos do Inpe fazem grave denúncia: a instituição está sob operação desmonte por parte do governo Bolsonaro. Dados...