Bolsonaro prepara 'tiro de misericórdia' em Mandetta, que deve cair até sexta-feira

Jair Bolsonaro liberou que o gabinete do ódio vasculhe a vida de Mandetta com o objetivo de localizar falhas que o desmoralizem. Militares do governo tentam impedir a demissão do ministro

www.brasil247.com - Bolsonaro prepara 'tiro de misericórdia' em Mandetta, que deve cair até sexta-feira
Bolsonaro prepara 'tiro de misericórdia' em Mandetta, que deve cair até sexta-feira (Foto: Isac Nóbrega/PR)


247 - Jair Bolsonaro está pronto para disparar o "tiro de misericórdia" contra o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, de acordo com Robson Bonin, da Veja

Bolsonaro liberou o gabinete do ódio, composto pela ala ideológica do governo, para vasculhar a vida de Mandetta, com o objetivo de encontrar algo que o desmoralize. O foco são as contas eleitorais do ministro, bem como ações dentro do governo.

Militares, como o chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, e o chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, tentam fazer com que Bolsonaro desista da demissão de Mandetta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A missão do gabinete do ódio já fez efeito. Bolsonaristas passaram a divulgar em grupos de WhatsApp uma mensagem que diz que o ministro da Saúde, “de forma silenciosa e sem o aval do planalto”, renovou contratos de R$ 1 bilhão com agências que “alimentam a mídia contra Bolsonaro”. Na verdade, Mandetta apenas deu continuidade a contratos de R$ 250 milhões já previstos no orçamento do governo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email