Deputados adiam votação de pacote anticorrupção para tentar anistiar caixa dois

Oficialmente, a razão para o adiamento da votação do pacote anticorrupção foi a invasão da Câmara por um grupo que pedia intervenção militar no país; mas, nos bastidores, sabe-se que deputados de diversos partidos trabalharam durante todo o dia para tentar alterar as medidas propostas pelo relator e tentar emplacar a anistia ao caixa dois das campanhas eleitorais

Brasília- DF- Brasil- 25/10/2016- Sessão extraordinária da Câmara dos Deputados, para discussão e votação de diversos projetos. Foto: Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados
Brasília- DF- Brasil- 25/10/2016- Sessão extraordinária da Câmara dos Deputados, para discussão e votação de diversos projetos. Foto: Zeca Ribeiro/ Câmara dos Deputados (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Oficialmente, a razão para o adiamento da votação do pacote anticorrupção foi a invasão da Câmara por um grupo que pedia intervenção militar no país. Mas, nos bastidores, deputados de diversos partidos trabalharam durante todo o dia para tentar alterar as medidas propostas pelo relator e tentar emplacar a anistia ao caixa dois das campanhas eleitorais. As informações são de O Estado de S.Paulo. 

"A articulação dos deputados tem como objetivo manter no pacote a previsão de crime de responsabilidade para juízes, procuradores e promotores, além de tentar aprovar a anistia retroativa para quem cometeu crime de caixa 2. Parlamentares também querem a exclusão da proposta sobre o chamado teste de integridade e do item que fala sobre criminalização de enriquecimento ilícito para agentes públicos.

No fim do dia, Lorenzoni sinalizou que poderia fazer mudanças no relatório que será levado a votação nesta quinta. Ele, no entanto, disse que a possibilidade de anistiar o caixa 2 está descartada. "O objetivo do nosso trabalho é tentar conseguir montar um texto que permita sair da comissão com ampla maioria ou com unanimidade. Todo o nosso esforço é para isso", disse.

Substituições. Como parte da estratégia para aprovar um pacote anticorrupção mais brando para a classe política, lideranças partidárias chegaram a promover mudanças na composição da comissão, que possui 30 titulares. Nesta última semana, o PP fez duas substituições e o PT outras três."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247