'Doleiro dos doleiros', Dario Messer é condenado a mais de 13 anos de prisão por lavagem de dinheiro

É a primeira condenação de Dario Messer na Lava Jato. Em acordo de delação premiada, ele se comprometeu a devolver R$ 1 bilhão, e disse ter feito entregas regulares de dólares aos irmãos Marinho, donos da Globo

Dario Messer
Dario Messer (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Justiça Federal do Rio de Janeiro condenou o doleiro Dario Messer, mais conhecido como o "doleiro dos doleiros", a uma pena de 13 anos e 4 meses de prisão em regime fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro.

Segundo o G1, a sentença, proferida pelo juiz Alexandre Libonati, da 2ª Vara Federal Criminal do Rio, é a primeira condenação de Messer no âmbito da Lava Jato. Ele foi absolvido da acusação de evasão de divisas. O magistrado negou que Messer recorra em liberdade.

Dario Messer firmou com o Ministério Público Federal do Rio (MPF-RJ) um acordo de delação premiada, homologado pela Justiça Federal, pelo qual se compromete a devolver cerca de R$ 1 bilhão aos cofres públicos. Confira a lista de bens do doleiro a serem devolvidos ao patrimônio público.

Em um dos anexos de sua delação, Messer afirmou ter realizado repasses de dólares em espécie para os irmãos Marinho, donos da REde Globo, em várias ocasiões. Messer diz que um funcionário de sua equipe entregava de duas a três vezes por mês quantias que oscilavam entre 50 000 e 300 000 dólares.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247