Entidades vão à PGR contra Salles por omissão na preservação da Amazônia

Representação assinada por 19 entidades ambientalistas pede investigação por redução na fiscalização por parte do Ministério do Meio Ambiente

(Foto: Marcelo Camargo - ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Procuradoria Geral da Repúplica recebeu uma representação contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por omissão na preservação da Amazônia. No documento, 19 entidades ambientalistas apontam redução na fiscalização na região.

“A própria omissão do ministro no cumprimento de seu dever de ofício em propiciar aos órgãos de fiscalização pessoal adequado e meios para realizar esta tarefa caracteriza improbidade administrativa”, afirma a representação, segundo o Blog Ambiência, da Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, a representação foi protocolada por meio eletrônico na manhã desta terça-feira 20, encaminhada à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a Deborah Duprat, procuradora federal dos direitos do cidadão e a Eduardo Nunes de Queiroz, defensor público nacional de direitos humanos. 

Segundo a assessoria de imprensa da PGR, a triagem do documento leva cerca de três dias até ser encaminhado internamente.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247