Ernesto Araújo faz apelo para que Índia libere doses de vacina

Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, telefonou para o chanceler da Índia, Subrahmanyam Jaishanka, pedindo a liberação de 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19. Governo indiano não se comprometeu com prazos para que isso ocorra

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, telefonou para o chanceler da Índia, Subrahmanyam Jaishankar, para pedir a liberação de 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 que o Brasil pretende comprar de um laboratório indiano. Apelo foi feito na noite desta quinta-feira (14), menos de 24 antes do horário previsto para um avião fretado pelo governo brasileiro decolar rumo à Índia para trazer o imunizante. 

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, O Itamaraty informou que os indianos  teriam demonstrado boa vontade" e que a situação seria resolvida "nos próximos dias", apesar de não terem definido uma data. 

De acordo com o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Índia, Anurag Srivastava,  as exportações das doses da vacina só devem acontecer após o país vacinar sua população. “O processo de vacinação está apenas começando na Índia. É muito cedo para dar uma resposta específica sobre o fornecimento para outros países”, disse Srivastava, em um novo constrangimento internacional para o governo Jair Bolsonaro. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email