Governo Bolsonaro quer liberar trabalho aos domigos e feriados para menores de 18 anos

Proposta, que deixaria apenas um domingo por mês como obrigatório para folga, está em discussão pela equipe econômica do ministro da Economia, Paulo Guedes, em parceria com a Câmara dos Deputados, presidida por Rodrigo Maia (DEM-RJ)

(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - A equipe econômica de Paulo Guedes, em parceria com a Câmara dos Deputados, presidida por Rodrigo Maia (DEM-RJ), está propondo alterações no programa Jovem Aprendiz para liberar a contratação de jovens entre 14 e 24 anos para trabalho aos domingos e feriados. A proposta deixaria apenas um domingo por mês como obrigatório para folga.

Segundo reportagem do jornal Valor Econômico desta terça-feira (14), uma comissão especial discutirá a proposta em fevereiro sob a relatoria do deputado Marco Bertaiolli (PSD-SP), que quer ainda aumentar o período de contratação para mais de dois anos e propor a realização de aulas à distância aos jovens que estiveram no trabalho.

O programa permite a contratação de jovens por empresas por meio de parcerias como Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) ou com o sistema S. A contratação é feita via CLT, com carga horária reduzida para que o jovem possa fazer cursos teóricos sobre a profissão.

Leia a íntegra na Revista Fórum

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247