Haddad alerta: se deputado preso não for cassado, sinal para fechamento do regime estará dado

Num tweet grave na manhã desta quarta, Fernando Haddad advertiu que se o deputado Daniel Silveira não for cassado, “o recado para Bolsonaro avançar estará claro”

(Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Fernando Haddad afirmou na manhã desta quarta-feira (17) que os ataques e ameaças ao STF do agora preso deputado Daniel Silveira são um teste do bolsonarismo para criar “o ambiente para o fechamento do regime”. Num tom grave, Haddad alertou que “o desfecho do caso do deputado preso servirá de alerta”.

Se Daniel Silveira não for cassado, escreveu Haddad, num tweet, “o recado para Bolsonaro avançar estará claro”. O líder do PT foi taxativo: “Democracia não se negocia”.

Leia o tweet de Haddad:

Também nesta manhã, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), alertou para a gravidade do caso:

Vários parlamentares, como Glauber Braga (PSOL-RJ) estão exigindo a cassação do deputado bolsonarista:


Assista ao Boletim 247 sobre a prisão do deputado Daniel Silveira:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email