Jean Wyllys rebate Moro: 'que moral ele tem para falar em corrupção?'

Ex-deputado Jean Wyllys rebateu à declaração de Sérgio Moro, que fugiu de debate proposto por Lula alegando que não debate com “condenados por corrupção presos ou soltos”

Jean Wyllys e Sergio Moro
Jean Wyllys e Sergio Moro (Foto: Reprodução | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-deputado Jean Wyllys reagiu ao comentário de Sérgio Moro, que fugiu de um debate proposto pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quinta-feira, 11. Pelo Twitter, Moro disse que não debate com “condenados por corrupção presos ou soltos”.

"Que moral tem esse sujeito para falar em ‘corrupção’? Um sujeito que corrompeu o Estado de Direito em função de suas predileções políticas e que se vendeu a um governo fascista por um ministério?", questionou Wyllys pelo Twitter. 

"A reação contraditória de Moro – pra não dizer burra mesmo – à corajosa provocação de Lula é o sintoma mesmo de seu medo de ser desmascarado como um juiz que corrompeu o Estado de Direito pra eleger Bolsonaro. Pessoas horríveis como ele merecem simplesmente ser desmascaradas”, acrescentou o ex-parlamentar do PSOL.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247