Moro foge de debate proposto por Lula em entrevista a YouTubers

Ex-ministro e ex-juiz diz que vai ignorar Lula, que hoje seria presidente se não tivesse sido condenado por Moro, numa sentença contestada pelos maiores juristas do Brasil e do mundo

www.brasil247.com -
(Foto: Brasil247 | Abr)


247 - O ex-ministro Sérgio Moro, que “elegeu” Jair Bolsonaro, ao condenar o ex-presidente Lula numa sentença condenada pelos maiores juristas do Brasil e do mundo, e depois foi escanteado pelo próprio Bolsonaro, deixou claro, nesta quarta-feira, que não aceita participar de um debate proposto pelo ex-presidente numa entrevista a um grupo de YouTubers progressistas.

"Vou atualizar meu twitter de 09/11/2019: Não debato com  condenados por corrupção presos ou soltos. Algumas pessoas só merecem ser ignoradas", escreveu Moro pelo Twitter. 

Na entrevista aos YouTubers proressistas, Lula voltou a desafiar Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol para um debate sobre os crimes cometidos pela operação Lava Jato. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Eu tô provocando o Moro e o Dallagnol pra debater comigo, ao vivo. Se a Globo quiser fazer, eu topo. Porque é preciso desmascarar esses canalhas e mostrar o que eles fizeram ao país", disse Lula. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247 e assista à entrevista de Lula: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email