Leoni: e a propaganda eleitoral antecipada de Moro continua

O cantor e compositor Leoni denunciou nesta quinta-feira (14) que Jair Bolsonaro o ministro da Justiça, Sérgio Moro, continuam em campanha eleitoral extemporânea com outdoors em favor do pacote anticrime. "E a propaganda eleitoral antecipada continua...", critica. Deputada Maria do Rosário (PT) e o ex-deputado Jean Wyllys cobram investigação

247 - O cantor e compositor Leoni denunciou nesta quinta-feira (14) que Jair Bolsonaro o ministro da Justiça, Sérgio Moro, continuam em campanha eleitoral extemporânea com outdoors em favor do chamado pacote anticrime proposto por Moro ao Congresso Nacional. 

"E a propaganda eleitoral antecipada continua... @TSEjusbr @MPF_PGR Vaidade das vaidades. Tudo é vaidade. Eclesiastes 1:2 Tentei avisar o presida, mas ele me bloqueou. Alguém manda o recado?", escrveu Leoni pelo Twitter. 

A deputada Maria do Rosário (PT-RS) também criticou o ministro Sérgio Moro pela promoção pessoal com o pacote anticrime. "Q tal trabalhar Sr @SF_Moro e parar com autopromoção? O Sr sabe onde é o Realengo? Seu chefe e amigos milicianos sabem. Lá, mais uma menina foi morta por balas não perdidas, acionadas", escreveu Rosário. 

E o ex-deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) cobrou investigação dos outdoors que promovem o ex-juiz da Lava Jato. "E essa propaganda eleitoral antecipada? Ninguém vai investigar esse “apoio” (leia-se financiamento de campanha eleitoral antecipada)? Esse cafona narcisista pode seguir impune dessa forma?", questionou. 

Nas imagens compartilhadas por Moro, alguns logos de movimentos sociais se repetem. O NasRuas e MLC (Movimento Liberal Conservador) são alguns deles. Os dois têm atuado nos últimos dias para tentar provocar o impeachment do ministro do STF, Gilmar Mendes, que votou contra a prisão após condenação em segunda instância (leia mais no Brasil 247). 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247