Lula: "eu mudei, Alckmin mudou e o Brasil mudou"

Ex-presidente Lula defendeu composição com o ex-tucano, agora no PSB, e lembrou que o Brasil precisa de um “movimento de reconstrução da democracia”

www.brasil247.com - Lu, Alckmin, Lula, Janja
Lu, Alckmin, Lula, Janja (Foto: Ricardo Stuckert)


247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu nesta terça-feira (5) a possível chapa com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB).

Em entrevista à rádio rede T, do Paraná, Lula avaliou que as pessoas mudam e podem convergir dentro do ambiente democrático. "Eu mudei, o Alckmin mudou e o Brasil mudou. Eu fui adversário do Alckmin, não inimigo. Feliz era o Brasil que tinha disputa entre dois partidos democráticos, porque existia debate civilizado, sobre programa de governo", disse o ex-presidente.  

Lula adiantou que a candidatura do ex-governador de São Paulo como vice-presidente para a chapa dele, nas eleições de 2022, será discutida pelo partido em uma reunião marcada para a próxima sexta-feira (8).  Segundo Lula, sua ideia não é ser um candidato que represente apenas os ideias do seu partido, mas que lidere um “movimento de reconstrução da democracia”. Ele ainda alertou para os diversos ataques feito por Bolsonaro à imprensa e às instituições democráticas, lembrando do deboche feito pelo deputado Eduardo Bolsonaro contra a jornalista Miriam Leitão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Estamos vivendo um período em que o presidente ataca todo dia a democracia e a imprensa. É ele e a sua família toda. O que fizeram com a Miriam Leitão é algo que nunca havia acontecido. Esse tipo de gente, que enaltece torturador, não presta para governar o Brasil. O Brasil precisa de alguém que harmonize o país. Que estimule a paz, a união, o pequeno e micro empresário. É isso que o Brasil está precisando para se tornar uma grande nação”, afirmou ele.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

PSB apresenta Alckmin como vice de Lula

O PSB irá apresentar o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin como candidato a vice na chapa do ex-presidente Lula em uma reunião na próxima sexta-feira (8), em São Paulo, confirmou o ex-presidente em entrevista nesta terça-feira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Eu vou ter uma reunião na sexta-feira em que o PSB vai propor o Alckmin de vice, e isso nós vamos levar para discutir no PT", disse Lula para a rádio Lagoa Dourada, do Paraná.

A formação da chapa para concorrer a Presidência precisa ser aprovada em uma reunião do diretório do PT, mas, apesar de haver resistência de uma ala minoritária, mais à esquerda, a decisão já está tomada e foi negociada antes mesmo de Alckmin se filiar ao PSB.


Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email