Sergio Moro e Santos Cruz prestam depoimentos em inquérito que apura atos antidemocráticos

Os ex-ministros de Jair Bolsonaro foram questionados se sabiam sobre o possível uso da estrutura do governo para disseminar informações sobre as manifestações antidemocráticas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O general Santos Cruz, que comandou a Secretaria de Governo de Jair Bolsonaro, e Sergio Moro, ex-ministro da Justiça, prestaram depoimentos no inquérito dos atos antidemocráticos.

De acordo com apuração da CNN Brasil, Moro prestou depoimento no dia 12 de novembro e foi questionado se ele sabia de alguma estrutura usada para disseminar informações sobre mas manifestações antidemocráticas. Moro negou conhecer essa estrutura.

Santos Cruz, por sua vez, prestou depoimento no dia 6 de outubro. Ele negou ter tomado conhecimento de que integrantes do governo estavam relacionados à organização dos chamados atos democráticos. 

"Indagado se o depoente, durante o período que atuou como Secretário do Governo, tomou conhecimento, por qualquer meio, de que tal estrutura ou as ações decorrentes foram, de qualquer maneira, dirigidas a tornar públicos quaisquer desses fatos, ou seja, a incitação das Forças Armadas aos poderes, ou a imputação de fato definido como crime ou de fato ofensivo à reputação dos presidentes da Câmara, do Senado ou do STF, ou a tentar impedir o livre exercício de quaisquer dos poderes mediante grave ameaça, respondeu QUE não tem conhecimento de tais fatos", diz um trecho do depoimento que a CNN teve acesso.

O general também foi questionado sobre as acusações do deputado federal Alexandre Frota de que havia pressão para que o governo apoiasse com verbas publicitárias veículos favoráveis ao governo. Ele negou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247