TSE nega pedido de Haddad para ser entrevistado pela Globo

"Conforme os próprios representantes informam, a emissora de televisão cancelou o debate devido à ausência de um dos candidatos convocados, conduta que se insere na liberdade de imprensa", escreve o ministro Sérgio Banhos

TSE nega pedido de Haddad para ser entrevistado pela Globo
TSE nega pedido de Haddad para ser entrevistado pela Globo (Foto: Ricardo Stuckert)

247 - O ministro substituto Sérgio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou o pedido de liminar do candidato do PT, Fernando Haddad, para que a Globo fosse obrigada a entrevistá-lo no horário do debate presidencial, que acabou cancelado após desistência de Jair Bolsonaro (PSL), mesmo que este estando liberado pelos médicos.

“Não há direito a ser resguardado no caso, pois não se depreende do dispositivo invocado que a emissora está obrigada a realizar entrevista com o candidato que tenha confirmado presença. Aliás, conforme os próprios representantes informam, a emissora de televisão cancelou o debate devido à ausência de um dos candidatos convocados, conduta que se insere na liberdade de imprensa, cuja garantia tem sido assegurada com muita veemência por esta Justiça especializada e pelo Supremo Tribunal Federal, com fulcro nos preceitos fundamentais da Carta da República”, escreveu o ministro.

A ação da candidatura petista ressalta que “será a primeira vez desde a redemocratização que não haverá debates presidenciais no segundo turno, ou seja, após o fim da censura que era imposta pelo regime militar, será esta a única oportunidade em que o eleitorado não poderá ver e ouvir os candidatos pondo em contraposição os seus projetos de país, dificultando-se a promoção de uma análise comparativa dos debates sincera”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247