Especialista chinês em coronavírus adverte que existe 'alta probabilidade' de segunda epidemia

O médico chinês Zhang Wenhong previu que é improvável que a pandemia termine neste verão do hemisfério norte, observando que ela ainda durará "em grande parte até o próximo ano"

China está preocupada com propagação do coronavírus por assintomáticos
China está preocupada com propagação do coronavírus por assintomáticos (Foto: Diário do Povo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O chefe da equipe de especialistas da Covid-19 em Xangai, Dr. Zhang Wenhong, alertou na quarta-feira (8) que existe uma "alta probabilidade" de uma segunda onda de contágios em todo o mundo durante o próximo ano.

"Atualmente, a pandemia atingiu um estágio crítico. Globalmente, a Europa e os EUA não mantêm controle efetivo no momento. Na África, América do Sul e Índia, onde a economia tem menos recursos médicos, novos casos aumentaram exponencialmente, criando grande incerteza na luta global contra a epidemia", disse Zhan. 

Informações de Russia Today.
 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247