Bolsonaro e cúpula do governo estão com medo de Renan

Derrotado nas tentativas de desestabilizar a CPI da Pandemia e de remover Renan da relatoria da comissão, governo Bolsonaro está com medo da ação do senador alagoano

www.brasil247.com - Renan Calheiros e Bolsonaro
Renan Calheiros e Bolsonaro (Foto: ABr)


247 - O fracasso da tentativa do governo Bolsonaro de remover Renan Calheiros (MDB-AL) da relatoria da CPI da Pandemia, com a liminar desqualificada obtida por Carla Zambelli (PSL-SP), deixou patente o medo que o Planalto sente do senador alagoano. “Quem convive com o influente senador alagoano diz que ele já esperava a investida jurídica e se preparou para revertê-la: é conhecido pela frieza na atuação contra adversários. Ou seja, se permanecer na relatoria, Bolsonaro deverá ter pesadelos”, informa a Coluna do Estadão

Na noite desta segunda-feira (26), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, anunciou que  não ira cumprir a decisão do juiz Charles Morai, da 2ª Vara Federal do Distrito Federal, que proibira a nomeação do senador Renan Calheiros como relator da CPI do Genocídio e, com isso, a comissão será instalada normalmente. Renan Calheiros já tem um plano de trabalho em mente e o governo Bolsonaro de fato tem razão para perder o sono. 

Segundo O Globo, ele pedirá ao Supremo Tribunal Federal (STF) acesso a dois inquéritos que investigam aliados do governo Bolsonaro: o das fake news e o dos atos antidemocráticos: “É importante o acesso da comissão a tudo o que houver de conexo com o fato determinado, incluindo esses inquéritos. Defendo que tudo o que houver de fato conexo seja apurado”.

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista a um vídeo em que estão apresentados os 23 crimes de Bolsonaro reconhecidos pelo próprio governo e que serão apurados na CPI:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247