Juiz atende Carla Zambelli e concede liminar que impede Renan relatar CPI da Pandemia

Decisão liminar da Justiça Federal de Brasília impede o senador Renan Calheiros (MDB-AL) de assumir a relatoria da chamada ‘CPI do Genocídio’, que será instalada nesta terça-feira (26). Magistrado atendeu pedido da deputada Carla Zambelli (PSL-SP)

www.brasil247.com -
(Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)


247 - Uma decisão judicial proferida nesta segunda-feira (26) impede o senador Renan Calheiros (MDB-AL) de relatar a CPI da Pandemia, que será instalada nesta terça. A decisão é liminar (temporária), da 2ª Vara da Justiça Federal de Brasília, e atende a um pedido da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). 

No pedido enviado à Justiça, a deputada bolsonarista alega que Renan Calheiros e é alvo de "apurações e processos determinados pelo STF, envolvendo improbidade administrativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o que compromete a imparcialidade que se pretende de um relator”.

A decisão expedida pelo juiz Charles Renald Frazão, da 2ª Vara Federal de Brasília. O juiz determina que o nome do senador Renan Calheiros "não seja submetido à votação para compor a CPI em tela, e isso somente até a vinda da manifestação preliminar sua e da Advocacia Geral da União no caso".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como se trata de uma decisão liminar, a expectativa é que seja revertida antes da instalação da CPI, às 10 horas de terça-feira (27). Um acordo entre a maioria dos senadores da CPI prevê a eleição de Omar Aziz (PSD-AM) para presidente e de Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para vice. Pelo acordo, em seguida à eleição, Aziz escolheria Renan Calheiros como relator.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No Twitter, Carla Zambelli celebrou: “URGENTE: O juiz Charles Renaud, da 2ª Vara Federal de Brasília, atendeu ao pedido de liminar da nossa ação popular e SUSPENDEU o nome de @renancalheiros para a votação que decidirá a relatoria da CPI! Agradeço ao Dr. Sormane e a todos os apoiadores. Essa vitória é de vocês!”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email