Simone Tebet enquadra Araújo por ataques a Kátia Abreu e sugere denúncia por falso testemunho do ex-ministro

Na CPI da Covid, a senadora Simone Tebet pediu que Araújo apresentasse imediatamente provas sobre supostos interesses obscuros de Kátia Abreu na participação da China no 5G a ser instalado no Brasil. Em março, o ex-ministro alegou que Kátia Abreu teria praticado tráfico de influência

Simone Tebet e Ernesto Araújo
Simone Tebet e Ernesto Araújo (Foto: Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo reiterar, em depoimento à CPI da Covid nesta terça-feira (18), seu ataque contra a senadora Kátia Abreu (PP-TO) sobre supostos interesses obscuros da parlamentar na participação da China no 5G a ser instalado no Brasil, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) enquadrou o ex-chanceler.

Ela exigiu que Araújo apresentasse imediatamente provas de suas acusações contra Kátia Abreu. Caso contrário, prometeu Simone Tebet, o ex-ministro seria responsabilizado judicialmente por falso testemunho e por imputar falsamente crime de tráfico de influência à Kátia Abreu.

O ex-ministro afirmou que o assunto está judicializado e afirmou que somente se manifestará em juízo.

A pressão de Simone causou mais uma confusão na CPI, que se acalmou com o início dos questionamentos do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) a Araújo.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email