Indicado por Carla Zambelli, Mario Frias é o novo secretário de Cultura de Bolsonaro

Em sua quinta escolha para a Secretaria da Cultura, Bolsonaro anunciou o ator Mário Frias para a pasta. A chegada de Frias representa, segundo auxiliares de Bolsonaro, uma tentativa de manter a ala ideológica no comando Cultura

Mario Frias
Mario Frias (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Bolsonaro escolheu o ator de Malhação Mario Frias para a Secretaria da Cultura, cargo desocupado pela ex-atriz Regina Duarte há pouco mais de uma semana. Frias é um reflexo da ala ideológica do governo, representada pelo guru do Bolsonarismo, Olavo de Carvalho.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que “Frias, escolhido com apoio dos filhos do presidente, deu sinais de que vai topar a missão de discurso ideológico. Ele, porém, não deve ter muita liberdade para comandar a pasta, como sua antecessora.”

A matéria ainda informa que “a novidade agora, dizem pessoas ligadas à pasta, é que Frias terá uma gestão tutelada pela deputada Carla Zambelli (PSL-SP). Foi ela a responsável por levar o nome do ex-galã de Malhação para o Planalto.”

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247