Fila para comprar ossos e restos de carne em Petrópolis (RJ) viraliza nas redes

A imagem é apenas mais uma a compor o mosaico tenebroso de miséria e empobrecimento formado a partir decadência social e econômica instaurada pelo governo de Jair Bolsonaro

Fila para comprar ossos e restos de carne em Petrópolis (RJ)
Fila para comprar ossos e restos de carne em Petrópolis (RJ) (Foto: Sonia Cupido, redes sociais)
Siga o Brasil 247 no Google News

Portal Fórum - Sonia Cupido, uma auxiliar de contabilidade que mora em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, flagrou da janela de seu apartamento uma fila formada ao lado de um caminhão frigorífico, próximo de um supermercado, na qual pessoas aguardavam para comprar ossos e restos de carne bovina. A cena foi registrada na véspera do feriadão prolongado de Nossa Senhora Aparecida (7), mas viralizou nas redes após seu registro tornar-se objeto de matérias jornalísticas de veículos da cidade.

“Sem palavras… Só tristeza! Onde estão os governantes?”, postou Sonia em seu perfil no Instagram. Não demorou para que outros usuários chegassem à publicação para comentar o fato deprimente, inclusive alertando a autora da foto de que aquela situação vinha ocorrendo havia algum tempo, ao que a auxiliar de contabilidade respondeu: “Sim, já vinha acompanhando só que a cada dia a fila aumenta mais. As pessoas nunca prestaram atenção devida ao fato. Então fui tocada a fotografar e postar, talvez os políticos da nossa cidade vendo está cena façam um trabalho social para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas”.

A imagem é apenas mais uma a compor o mosaico tenebroso de miséria e empobrecimento formado a partir decadência social e econômica instaurada pelo governo de Jair Bolsonaro. Dados recentes mostram que 116 milhões de brasileiros não têm acesso pleno e permanente a comida, sendo 43 milhões sem alimentos diários suficientes e 19 milhões passando fome. E os números do abismo não param por aí.

PUBLICIDADE

A inflação registrada em setembro, de 1,20%, é a mais alta para o período dos últimos 27 anos e o acumulado do INPC nos últimos 12 meses chegou a 10,78%, outro recorde vergonhoso. O desemprego mantém-se em 14,8%, outro índice histórico e assustador, o que representa aproximadamente 15 milhões de brasileiros sem trabalho.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email