Mantega sinaliza alta limitada de IPI de carros

Tamanho da elevação, segundo o ministro da Fazenda, dependerá da situação do setor automotivo antes de a recomposição do tributo sobre a indústria entrar em vigor; "Teremos aumento do IPI sobre veículos, poderá ser pequeno ou não, vamos avaliar a situação do mercado", disse Guido Mantega a jornalistas

Mantega sinaliza alta limitada de IPI de carros
Mantega sinaliza alta limitada de IPI de carros (Foto: UESLEI MARCELINO)

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quarta-feira que haverá aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre automóveis, mas que o tamanho da elevação dependerá da situação do setor automotivo antes da recomposição do tributo sobre a indústria entrar em vigor.

Pelo cronograma atual, o IPI sobre veículos voltaria ao seu nível normal a partir de julho.

"Teremos aumento do IPI sobre veículos, poderá ser pequeno ou não, vamos avaliar a situação do mercado", disse o ministro a jornalistas.

Na terça-feira, fonte do Palácio do Planalto que acompanha negociações do governo federal com montadoras de veículos afirmou à Reuters que o governo deverá elevar parcialmente as alíquotas do IPI sobre veículos a partir de julho, mas evitando que o imposto tenha recomposição integral.

(Por Luciana Otoni)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247