Novo presidente da Eletrobras toma posse e defende privatização da empresa

Segundo o novo presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, em cerimônia de posse, é "importante avançarmos no processo de capitalização da Eletrobras”, uma das prioridades do governo Jair Bolsonaro

Rodrigo Limp Nascimento
Rodrigo Limp Nascimento (Foto: William Borgmann / Senado Federal)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O novo presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, em cerimônia de posse, nesta sexta-feira, 7, defendeu a privatização da empresa, que é a maior do ramo elétrico da América Latina.

"Para que a Eletrobras consolide sua liderança no setor, para que seja protagonista na expansão do setor elétrico brasileiro, a companhia precisa estar capitalizada, com capacidade de investimento e ter competitividade frente a outros agentes… Neste sentido é muito importante avançarmos no processo de capitalização da Eletrobras”, disse Limp.

No dia 30 de abril, o ministro da Economia, Paulo Guedes, comemorou a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) e disse que as próximas grandes privatizações serão os Correios e a Eletrobras.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email